| PORTAL AGRESTE VIOLENTO

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 9.9819-5367
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 9.8144-9320
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

quarta-feira, 26 de abril de 2017

A 22ª Delegacia de Homicídios de Garanhuns prendeu nesta terça-feira (25), um dos principais suspeitos de ter assassinado a tiros, a Erineide Pereira da Silva, de 38 anos, na Rua Capitão Tomás Maia, centro de Garanhuns, no final da tarde do dia 23/4.

De acordo com o delegado João Lins, o elemento foi identificado como Rodrigo dos Santos, de 20 anos, que foi preso por sua equipe de investigadores na Favela dos Coqueiros, onde mora, na cidade de Lajedo, PE no Agreste do estado. Ele teria executado a mulher em companhia de outro elemento morador da mesma favela que está desaparecido. Ainda segundo a Civil, uma mulher teria participação direta no assassinato. Ela foi identificada como Wanessa Guedes, de 27 anos moradora de um beco na Rua Mauro de Souza Lima Filho, a conhecida Batalha do Tuiti, no bairro de Heliópolis em Garanhuns. Wanessa é irmã de José Cícero Guedes, o “Gordo” que foi assassinado a tiros pelo filho da Erineide Pereira, acerca de uma semana do ocorrido. A Polícia Civil investiga se o crime teria sido motivado por vingança. Wanessa foi procurada em seu endereço, mas desapareceu após o referido crime. A polícia conta com a colaboração da população para localizá-la. A 22ª Delegacia disponibiliza o seguinte número com WhatsApp para contato: (87) 98112-2559, as informações serão mantidas em sigilo.

As investigações se iniciaram logo nas primeiras horas do dia seguinte após os Agentes receberem informações relacionadas ao assassinato de Erineide, obtendo assim êxito na prisão do Rodrigo que a princípio confessou ter participado da morte, mas logo em seguida negou conhecer os envolvidos. Mas diante das provas colhidas pelos Agentes, foi suficiente para a Primeira Vara da Comarca de Garanhuns expedir o Mandado de Prisão do acusado que foi encaminhado a Cadeia Pública do estado.

Relembre:
MULHER É ASSASSINADA NO CENTRO DE GARANHUNS E CRIME TEM CARACTERÍSTICA DE VINGANÇA

Compartilhe   

terça-feira, 18 de abril de 2017

As policias civil e militar estão em busca de informações que levem ao paradeiro do assaltante José Jackson Alves da Silva, nos últimos dias ele praticou uma série de ações criminosas, incluindo o roubo de vários veículos.

José Jackson, é um elemento de alta periculosidade.

Qualquer informação que eleve ao seu paradeiro, deve ser informada a Delegacia de Polícia Civil de Lajedo, pelo fone: (87) 3773-4910, ou a Polícia Militar através dos fones (87) 3761-8300 ou 190.

Anonimato Garantido!

Compartilhe   

segunda-feira, 03 de abril de 2017

Após quase três anos, familiares de José Leandro Alves da Costa, a época com 23 anos, não receberam qualquer informação que pudesse levar ao seu paradeiro.

No dia 12/07/2014, ele conseguiu fugir do Hospital da Providência, no município de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, onde estava internado a dois meses realizando tratamento psiquiátrico. De acordo com familiares a fuga aconteceu pela porta da frente, na época foi registrado na delegacia um Boletim de Ocorrência, a Polícia Civil investigou o caso, mais não conseguiu descobrir o paradeiro da vítima.

Até hoje a família que é do município de Altinho, sofre com o sumiço de José Leandro.

Qualquer informação que possa levar ao seu paradeiro, deve ser informado pelo fone (81) 9.9520-3003 (Falar com Leidiane).

Compartilhe   

sexta-feira, 03 de fevereiro de 2017

Compartilhe   

domingo, 01 de maio de 2016

desaparecida lajedo agreste violentoO desaparecimento misterioso de uma jovem de 25 anos moradora do Sítio Alto do Meio na zona rural do município de Lajedo, vem deixando os familiares da Jovem Flávia Pereira da Silva de 25 anos, preocupados.

É que ela desapareceu a mais de 04 meses desde o dia 08/01/2016, quando saiu para o trabalho, não voltou para casa e nem chegou ao destino, uma clínica de fisioterapia onde estava trabalhando, um Boletim de Ocorrência foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Lajedo que já investiga o caso, a tia da jovem que compareceu a delegacia disse ela nunca passou dias fora de casa, a polícia trabalha com a hipótese de ela ter sido raptada.

Qualquer informação que leve ao paradeiro desta mulher deve ser informado nos telefones, (87) 9 9918-6457 ou (87) 98146-0825.

Compartilhe   

quarta-feira, 09 de março de 2016

delegacia de brejao procurado ladrao de moto agresteviolento.com.brCompareceu na delegacia de Brejão o senhor Jose Euclebson Pinto de Amorim, morador da Rua José Ivonaldo Rosa, 32, centro de Brejão. Queixou-se que no dia 04/03/2016, por volta das 14 horas, deixou sua motocicleta estacionada em frente ao seu local de trabalho (Rua do Caiana), quando então um meliante, se aproveitando de descuido do proprietário (chave de ignição havia ficado na moto), furtou o referido veículo: CG 150 Titan Mix KS, cor preta, modelo 2010, placa PEH-5158.

Em diligência, policiais civis da delegacia de Brejão chegaram à pessoa de ALEF JÚNIO DA SILVA, de alcunha “Tota”, 21 anos, morador da Rua Iratama, 250, Cohab II. A despeito de todo o esforço policial empreendido para recuperação do veículo furtado, e da prisão do facínora, este conseguiu escapar. Contra Alef já existe processo por prática do mesmo crime, sendo ele integrante de uma quadrilha de furto/roubo de veículos na região. Fora (inclusive) interno da Funase. Agora a polícia vai trabalhar para que contra si seja expedido Mandado de Prisão Preventiva (artigo 312 do CPP) com fulcro na “garantia da ordem pública e da ordem econômica”. Para esta modalidade criminosa, o Código Penal comina pena de 1 a 5 anos de reclusão. Caso a subtração do veículo automotor alcance outro Estado da Federação, pena de 3 a 8 anos de reclusão.

Qualquer informação do supracitado veículo, entrar em contato com a delegacia de Brejão, ou destacamento da PMPE: 9 8123-3660 e 9 8101-8739. ANONIMATO GARANTIDO.

Compartilhe   

quinta-feira, 01 de outubro de 2015

Desaparecido leandro agresteviolento.com.br

Compartilhe   

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

procurado por estubrar filha em brejao pe agresteviolento.com.brAs polícias Civil e Militar pedem ajuda da população para que possam prender o elemento José Cícero Apolinário da Silva, “Zé Ciço”, morador do Sítio Lírio, Brejão/PE. Contra o mesmo há um Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Excelentíssimo Senhor Juiz da Comarca de Brejão.

Dos fatos: de há muito tempo “Zé Ciço” vinha espancando e ameaçando a sua companheira de morte. Em fevereiro de 2014 chegou a ser preso em flagrante delito por Maria da Penha e Posse de Arma, desta fazendo uso para (reiteradamente) ameaçar a companheira. Solto, voltou a fazer-lhe novas ameaças, agora estendendo sua violência a uma das filhas. Chegava em casa e ameaçando a todos eles (companheira e filhos), pegava uma das filhas (15 anos), a levava para o quarto e a estuprava, o que vinha ocorrendo há alguns meses. Fazia isso com toda família presente, as filhas de 13 e 11 anos caindo em choro, e a companheira (sob ameaça) nada podia fazer.

O caso foi denunciado à delegacia de forma anônima, depois sendo do conhecimento do Conselho Tutelar que acionou as polícias. De pronto, foram apurados os crimes em questão, as polícias Civil e Militar realizando buscas na região com o desejo de prendê-lo. Foragido, é provável que venha se escondendo na casa de parentes. Passou pelas cidades de Saloá e Iati, prováveis destino. Dois irmãos de “Zé Ciço” se encontram presos: um por estupro da enteada; o outro, por morte da companheira.

Ajudem a polícia a tirar de circulação esse DEGENERADO. Sua informação permanecerá anônima pelos seguintes telefones: (87) 9 8123-3660. (87) 9 8101-8739. Ou procure uma viatura da PM, ou a delegacia mais próxima e informe o paradeiro deste elemento.

Compartilhe   

quarta-feira, 08 de abril de 2015

daniel paulo da silva procurado dp de canhotinho agresteviolento.com.br

Compartilhe   

sábado, 14 de março de 2015

E-mail enviado ao Agreste Violento:

ISAC PEREIRAISAC PEREIRA DE MOURA encontra-se desaparecido desde maio de 2014. Em um sábado, depois de várias discussões com a família, ele saiu de casa sem dizer pra onde ia e não voltou mais.

A mãe dele, Maria Cicera Moura, desde então procura seu filho em delegacias e hospitais, mas não consegue ter pistas de seu filho.

No Festival de Inverno de Garanhuns de 2014, ele foi visto pelo porteiro do Condomínio onde a família de Isac mora. Mas foi de longe e não conseguiu falar com ele.

A família de Isac mora no Condomínio da Caixa econômica no Bairro do Magano, próximo a Igreja de Santa Terezinha e do Supermercado Ipiranga.

Uns 3 anos e meio antes desse ocorrido Isac já tinha desaparecido de casa e passado 3 meses fora, quando um dia esperou pela mãe no caminho que ela fazia para ir ao trabalho e pediu pra voltar pra casa.

Isac tem uma filha de 1 ano e 2 meses, resultado de um relacionamento amoroso.

Isac gostava de sair para beber com os amigos apesar de tomar remédio controlado para dormir a muitos anos. Quando isso acontecia ele chegava em casa muito agitado, violento mesmo, e discutia com a família.

Ele andava com pessoas que não eram muito boas companhias e a família já procurou por ele em todos os bairros de Garanhuns, nos lugares onde ele pudesse ter conhecidos, mas nunca obtiveram êxito.

Desde o desaparecimento dele já tiveram vários boatos de pessoas dizendo que tinham visto ele, mas nada consistente.

Pedimos encarecidamente e pelo amor de Deus que vocês publiquem no site o desaparecimento dele para que alguém que saiba de alguma coisa sobre ele entre em contato.

Compartilhe