| PORTAL AGRESTE VIOLENTO

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 99629.3543
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 98156.0805
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

No último final de semana, a Seres (Secretaria Executiva de Ressocialização de Pernambuco) concluiu com total aproveitamento, o “Curso de Operador Prisional de Espingarda Calibre 12”, realizado nas instalações do 8ºBPM e campos abertos para tiro (Stand de Tiro Prático). A instrução foi iniciada na manhã da quarta-feira (11) e foi ministrado pela Escola Penitenciária do Estado de Pernambuco (EPPE), através dos instrutores IDALÉCIO, Instrutor Gerente; WALLAS, do Setor de Inteligência e GRAÇA PEDROSA, Coordenadora do curso, Agentes Penitenciários peritos da grade pedagógica da Escola Penitenciária do Estado.

O ensinamento, foi priorizado inicialmente para Agentes Penitenciários, Policiais Militares do GATI e ROCAM do 8ºBPM e profissionais do 5° Grupamento de Bombeiros Militar de Pernambuco (5ºGB), lotados em Salgueiro. Durante o curso, os alunos foram submetidos a treinamentos físicos, totalmente equipados, reprimidos com gás lacrimogéneo, [substâncias irritantes da pele, dos olhos e das vias respiratórias, tais como o brometo de benzila, ou o gás CS (clorobenzilideno malononitrilo), o qual, ao estimular os nervos da córnea, esses gases, causam lacrimação, dor e mesmo cegueira temporária], espingardas calibre 12 com munições de gás, munições de elastômero, (Bala de borracha consistente de um projétil de látex, geralmente utilizado para conter tumultos violentos ou manifestações nos quais a intenção é de dispersar a turba) que pode apresentar-se em vários formatos e tipos, e em casos extremos, o uso de munições letais.

Todo esse aparato foi montado com a finalidade de habilitar os profissionais, à situações de controle de distúrbios e principalmente, promover mais segurança durante a função exercida.

Da Assessoria de Imprensa – 8º BPM/Salgueiro

Compartilhe   

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Cartão Postal do Recife, a Praia de Boa Viagem se transformou, nesta quarta-feira (18), em um “Cemitério à Beira-Mar”, na ocasião, a Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados – ACS/PE, juntamente com inúmeros Policiais e Bombeiros Militares, literalmente sepultaram o Programas “Pacto Pela Vida” e o “Programa de Jornada Extra – PJES”.

Além do enterro, na oportunidade também foram fincadas, na areia, mais de 700 cruzes, que simbolizaram as 4.411 vítimas da violência em 2016, incluindo os 16 Policiais mortos (em combate) em defesa da Sociedade.

Este manifesto de repúdio contou com apoio popular e representou “O Grito de Socorro da Sociedade” devido aos crescentes e alarmantes índices de violência no estado de Pernambuco: assaltos, homicídios, arrombamentos, explosões bancárias, e, sem falar inclusive, das péssimas condições de trabalho para Policiais e Bombeiros Militares – que lutam bravamente para conter a criminalidade.

Compartilhe   

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A Polícia Federal em Pernambuco, através do Grupo de Repressão a Crimes Cibernéticos-GRCC,  prendeu na manhã de ontem, 12/01/2016, por volta das 6h, da manhã, o ANTÔNIO BARROS DE OLIVEIRA, (ou EDER LOPES DA SILVA JÚNIOR ou ainda BONIFÁCIO DA SILVA JÚNIOR), 47 anos (possui 3 datas de nascimento 04/04/1970, 02/03/1971 e 01/10/1974), casado, comerciante, natural de Afonso Bezerra-RN (possui 3 naturalidades Natal/RN, Betânia/PE e Vertentes/PE) e residente em Nova Parnamirim-RN e também no bairro do Janga em Paulista/PE onde foi feita sua captura. A prisão se deu por força de Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 36ª Vara da Seção Judiciária de Pernambuco pelos crimes de estelionato contra órgão público e associação criminosa. Devido ao alto grau de periculosidade do suspeito sua prisão teve que ser feita com o apoio de grupos táticos da Polícia Federal-(GPI-Grupo de Pronta Intervenção e NEPOM-Núcleo Especial de Polícia Marítima). No momento da abordagem rápida e eficaz o suspeito foi contido pelos federais numa residência no bairro do Janga e não esboçou qualquer tipo de resistência.

Ao serem feitas buscas no interior do imóvel onde estava residindo foram encontrados: R$ 4 mil reais, 4 cartões de crédito possivelmente clonados, 8 chaves mestras para abrir portas, 1 notebook, 2 pen drive, 1 telefone celular, 1 impressora, 1 monitor, 12 roteadores de internet, 5 caixas de transmissores de sinal de celular para tv, além de um veículo Hilux, cor prata e placas OHB-5460(clonadas de um outro automóvel Volkswagen gol, vermelho de Maceió/AL). Num dos objetos apreendidos havia uma chave com um endereço de um apartamento em Boa Viagem/PE onde os policiais federais se dirigiram até o imóvel. Lá chegando foram recebidos por um casal, proprietários do apartamento, os quais confirmaram que no dia 26/12/2016, às 19h, foram vítimas de um assalto executado por dois homens armados, quando estavam retirando dinheiro num banco privado perto de sua residência. Na ocasião os bandidos levaram seu veículo Honda Civic, documentos, dinheiro e seus pertences. Trazidos para a Polícia Federal, o casal reconheceu o preso, através de registro fotográfico como sendo um dos bandidos que os assaltaram, bem como o veículo Hilux como sendo idêntico ao utilizado pelos criminosos no dia do assalto.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido arrecadado todo o material, o preso recebeu voz de prisão pelo cumprimento de mandado judicial em seu desfavor e em seguida foi levado para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo-Recife/PE, onde, após ter sido informado dos seus direitos e garantias constitucionais acabou sendo indiciado pelo crime contido nos artigos 171, § 3º e 288 do Código Penal – (estelionato contra órgão público e associação criminosa), e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 1 a 8 anos de reclusão! Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e em seguida foi encaminhado para a audiência de custódia, cuja prisão preventiva foi confirmada, sendo levado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Em seu interrogatório o preso usou do seu direito constitucional de só falar em juízo não dando detalhes sobre sua participação criminosa nos seus vários delitos.

FICHA CRIMINAL DO PRESO É EXTENSA: já foi preso por diversas vezes pelo crime de estelionato no ano de 2010 e condenado há 1 ano e 4 meses por roubo –  ambos os crimes cometidos no Rio Grande do Norte. Em 2011, 2014 e 2015 foi preso pela Polícia Civil/PE em uma das ocasiões estava comprando 14 garrafas de whisky utilizando cartão clonado num supermercado da Avenida Rosa e Silva e condenado a 3 anos e 6 meses de reclusão. Por fim, como estava cumprindo pena no regime semi-aberto, tanto em Natal como em Recife resolveu não cumprir tais restrições encontrando-se foragido da Justiça.

RELEMBRE A OPERAÇÃO CARTÃO VERMELHO:
A Polícia Federal em Pernambuco deflagrou no dia 09/06/2016 a “Operação Cartão Vermelho”, visando desarticular uma quadrilha interestadual de clonagem de cartão de crédito, com prejuízos para a Caixa Econômica Federal na ordem de R$ 600.000,00 (seiscentos mil reais) entre os anos de 2013 e 2014. Ao todo 30 policiais federais foram distribuídos em 05 equipes e deram cumprimento na época a 06 intimações nos bairros de Paulista/PE, Olinda/PE, Pau Amarelo/PE e Janga/PE e 01 mandado de prisão condenatória no Bairro de Conceição em Paulista/PE.  As investigações tiveram início no ano de 2014, a partir de uma informação enviada à Polícia Federal contendo relatos de uma empresa prestadora de serviço da Caixa Econômica Federal que gerenciava cartões de crédito e que estava tendo uma grande incidência de clonagem de cartões de crédito na região metropolitana do Recife/PE. Foram empreendidas diligências policiais em alguns estabelecimentos comerciais onde teriam sido utilizados os cartões fraudulentos que facilitaram a identificação de alguns suspeitos que seriam integrantes de uma mesma família. Na época ANTÔNIO BARROS DE OLIVEIRA não havia sido localizado.

Compartilhe   

domingo, 08 de janeiro de 2017

Acidente ocorreu na noite de sábado no Morro da Conceição, zona norte do Recife

Duas idosas morreram e quatro pessoas ficaram feridas após o capotamento de uma viatura da Polícia Militar por volta das 22h30, no sábado no Morro da Conceição, zona norte do Recife. O veículo estaria fazendo uma perseguição policial atrás de dois homens em uma moto, que conseguiram fugir. O carro teria atingido duas senhoras, que estavam sentadas no bar do Neo e faleceram no local. Os corpos de Ângela Maria de França e Maria das Dores da Silva foram encaminhados para o Instituto de Medicina Legal (IML).

Um dos filhos de Maria das Dores da Silva vai procurar a Corregedoria da Polícia Militar para que o caso seja apurado. Segundo ele, a aposentada, de 65 anos, costumava frequentar o lugar nas noites do sábado. Os dois conversaram uma hora antes do acidente por telefone.

Os três feridos foram encaminhados para o Hospital da Restauração e estão fora de perigo. Uma delas é a garçonete Mônica do Nascimento, de 45 anos, moradora do Córrego do Euclides, em Casa Amarela. Outro ferido se chama Marcelo da Silva, que sofreu escoriações leves e já se encontra em casa. A Polícia Militar confirmou a ocorrência, mas não informou os nomes das outras duas vítimas.

Texto: Diário de Pernambuco

Compartilhe   

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

De janeiro a novembro, foram registradas 130 explosões a banco no estado.
Atacadas por bandidos, agências acabam fechando ou diminuem serviços.

As explosões de caixas eletrônicos que o Brasil se habituou a ver em todos os cantos do país acabaram impondo uma dificuldade enorme para milhares de cidadãos.

O dia amanhece e a fila em frente aos Correios já está grande. A agricultora Cleonice Maria da Silva conseguiu ser a primeira, mas, para isso, ela madrugou.

Os Correios têm sido a opção para os moradores de Cupira, no agreste de Pernambuco. No único bando da cidade não é possível fazer saques desde abril, quando a agência foi parcialmente destruída durante um assalto.

Em Pernambuco, de janeiro a novembro deste ano, foram 130 de explosões a bancos, de acordo com a Secretaria de Defesa Social. Com os estragos, as agências demoram a reabrir e, quando isso acontece, os clientes têm à disposição só alguns serviços. “Renovar cartão, senha, só isso. Movimentação com dinheiro só nos Correios, quando tem. Quando não tem, a gente vai pra outro canto”, conta o agricultor Aparecido José dos Santos.

O problema é que os bandidos também não pouparam bancos que viraram segunda opção. Um dos casos mais recentes em Pernambuco aconteceu em uma agência no município de Panelas, também no agreste do estado. O banco vinha sendo usado como alternativa para os moradores dos municípios vizinhos, mas depois do que aconteceu o atendimento também foi suspenso.

Os aposentados que estão com o cartão vencido e solicitaram um novo, agora, só podem pegá-lo em uma agência de outra cidade. “Ela é uma idosa que não anda, usa fralda descartável, tudo é no cartão dela”, diz a estudante Maria José da Silva.

Em Xexéu, na zona da mata de Pernambuco só tem uma agência. Desde a explosão, o caixa eletrônico está sem funcionar.

A circulação de dinheiro nessas cidades diminuiu e o comércio enfrenta dificuldades. “As pessoas que vão receber fora acabam lá mesmo comprando o que tem de comprar. E a gente fica sem vender”, lamenta a comerciante Maria Lúcia Almeida.

Fonte: g1.globo.com/jornal-nacional

Compartilhe   

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

A Polícia Federal em Pernambuco procedeu a autuação em flagrante na tarde de ontem dia 27/12/2016, por volta das 14h, dois assaltantes que foram presos pela Polícia Militar (1º BPTRAN) momento depois deles terem realizado um assalto na agência dos Correios de Moreno/PE. Os presos são: WOLNEY ALVES MENDONÇA, brasileiro, casado, 40 anos, desempregado, natural de Recife/PE e residente no bairro do Ibura/PE-(possui antecedentes criminais- já foi preso em 1995 e 2003 por assalto e homicídio (+ de 50 anos de condenação) e por uma vez fugiu do sistema penitenciário pernambucano possuindo mandado de prisão em aberto em decorrências dessas fugas) e ELTON MACIEL DE OLIVEIRA brasileiro, casado, 38 anos, desempregado, natural de Recife/PE e residente no bairro do Ibura/PE-(possui antecedentes criminais-já foi preso em 2003 e 2007 por assalto e porte ilegal de arma (+ de 12 anos de condenação) e por duas vezes fugiu do sistema penitenciário pernambucano possuindo mandado de prisão em aberto em decorrências dessas fugas).

As prisões aconteceram em virtude de uma blitz de rotina que estava sendo realizada por Policiais Militares do 1º BPTRAN – Batalhão de Polícia de Trânsito na Avenida General Manoel Rabelo em Jaboatão Velho quando os militares visualizaram a aproximação de um veículo Siena de cor marrom e placas de Moreno e ordenaram a sua parada. O condutor num primeiro momento reduziu a velocidade, porém em seguida acelerou o veículo, desobedecendo a ordem para parar e furou o bloqueio policial, empreendendo fuga em alta velocidade. Neste momento deu-se início a uma perseguição policial até o Alto dos Carneiros onde os três assaltantes abandonaram o carro que estavam dirigindo, sendo que um deles (ELTON) rendeu-se de pronto enquanto que um outro já foi descendo da viatura atirando contra o efetivo policial. Os policiais continuaram no encalço dos outros dois assaltantes logrando êxito em capturar um segundo (WOLNEY) que estava de posse de um revólver calibre 38 com 6 munições não deflagradas, vindo este assaltante no momento da fuga ferir-se no rosto ao ter caído na tentativa de transpor um obstáculo. A Polícia Militar ainda fez incursões tentando capturar o terceiro assaltante, porém as buscas resultaram sem sucesso.

Após a prisão dos dois criminosos os policiais militares fizeram uma busca no interior do veículo Siena que havia sido tomado de assalto de um dos funcionários da agência dos Correios onde foram encontrados um malote de dinheiro com a quantia de R$ 2.905,00 (dois mil novecentos e cinco reais), R$ 420,00 (quatrocentos e vinte reais) em títulos de capitalização, 01 aparelho de circuito interno de gravação de câmeras, 01 revólver calibre 38 com 05 munições intactas que foi tomado do vigilante da agência, 15 aparelhos celulares roubados dos clientes e funcionários, além do veículo Siena.

Terminado os trabalhos relativos a prisão dos suspeitos e tendo sido todo o material arrecadado, os assaltantes receberam voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida conduzidos para a Superintendência Regional da Polícia Federal/PE que fica situada no bairro do Recife Antigo-Recife/PE, onde acabaram sendo autuados pela prática dos crimes contidos nos artigos 157, § 2º, I e II – (roubo com emprego de arma de fogo com concurso de duas ou mais pessoas) e caso sejam condenados poderão pegar penas que variam de 4 a 12 anos de reclusão. Após a autuação, os presos realizaram Exame de Corpo de Delito no IML – Instituto de Medicina Legal e logo após foram encaminhados para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna-COTEL. Na manhã de hoje, 28/12/2016, ambos serão levados para a audiência de custódia na Justiça Federal onde será decidido se responderão pelos seus crimes na prisão ou em liberdade condicional.

ESTATÍSTICAS:
EM 2015 REGISTRAMOS AS SEGUINTES OCORRÊNCIAS ENVOLVENDO OS CORREIOS:
25 episódios ocorridos entre arrombamentos: (13) assaltos; (12) arrombamentos; com 05 (cinco) armas furtadas.
EM 2016 REGISTRAMOS OS SEGUINTES OCORRÊNCIAS ENVOLVENDO OS CORREIOS:
38 episódios ocorridos entre arrombamentos: (18); assaltos: (18); e explosões: (01); com 07 (sete) armas furtadas;
PRISÕES GERAIS:
44 assaltantes presos dos Correios e da Caixa Econômica Federal com 07 quadrilhas desarticuladas.

Compartilhe   

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

ecstasy-apreesao-pf-pesuspeitaA Polícia Federal em Pernambuco autuou em flagrante no dia 14/12/2016 por volta das 23h, LARISSA DOS SANTOS NEVES, solteira, 25 anos, cabeleireira, natural de Guarulhos/SP e residente na cidade de Cambui/MG-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os Policiais Federais desconfiaram da jovem que apresentava nervosismo durante o desembarque. A ação teve seu desfecho final quando a suspeita foi abordada pela equipe de policias federais e durante entrevista prévia, a mesma deu respostas imprecisas (disse que iria se hospedar em Porto de Galinhas, mas não tinha reserva de hotel, etc.) Diante de tais fatos, sua bagagem foi solicitada afim de que fosse feita uma vistoria e busca minuciosa a fim de que as suas duas malas que estava transportando fossem submetidas ao aparelho de raio x, onde ficou constatado a existência de um fundo falso bem como imagens de diversos comprimidos envoltos em embalagem retangulares. Diante da constatação, a mala foi aberta com o apoio operacional da Receita Federal onde constatou-se a existência de milhares de comprimidos de ecstasy que ao total resultou um peso bruto de 13,6kg e cerca de 45.000 (quarenta e cinco mil) comprimidos aproximadamente. ESTA É A MAIOR APREENSÃO DE ECSTASY NA HISTÓRIA DO ESTADO DE PERNAMBUCO E A MAIOR DO NORDESTE NOS ÚLTIMOS 5 ANOS

apreensao-recorde-de-ecstasy-na-historia-do-estado-de-pernambuco-e-a-maior-do-nordeste-nos-ultimos-5-anosTerminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada a suspeita recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 40, inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de drogas) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Em seu interrogatório a presa informou que tem um filho de 8 anos de idade e por estar com problemas financeiros, resolveu aceitar a proposta de R$ 30 mil reais, feita por um amigo que mora em São Paulo/SP (não deu maiores detalhes da pessoa) para trazer droga sintética e quando retornasse da Europa a droga deveria ser entregue em São Paulo/SP para uma pessoa a qual lhe seria indicada. Desta forma viajou para a Europa saindo do país por São Paulo/SP com destino à Lisboa e depois foi para Amsterdã/Holanda.  Disse também que havia recebido R$ 3.500 reais antecipados para custear algumas despesas com a viagem. Por fim, informou que ao chegar em Amsterdam uma pessoa que não conhece, entregou as duas malas já preparadas com um fundo falso onde estaria escondida a droga sintética e ao desembarcar em Recife/PE foi presa por policiais federais.  Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal e em seguida será encaminhada para a audiência de custódia onde deverá comparecer diante da Justiça que decidirá pela sua prisão preventiva ou liberação para responder ao processo em liberdade. Caso seja ratificada a sua prisão a Polícia Federal a encaminhará posteriormente para o Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidas suas passagens aéreas, passaporte e 02(dois) aparelhos celulares. O ECSTASY é uma droga sintética também conhecida como bala ou pastilha, muito utilizado em festas raves de música eletrônica. Consumidores dessa droga pode apresentar perturbações mentais e comportamentais, dificuldade de tomar decisões, ataques de pânico, depressão profunda, paranoias, alucinações, despersonalização, impulsividade, perda do autocontrole e morte súbita por colapso cardiovascular. O uso de ecstasy ligado à intensa atividade física (dançar por várias horas) pode causar aumento da temperatura corporal.

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO GERAL:
Esta já é 29ª apreensão de drogas que a PF realiza em Pernambuco no ano de 2016. Até agora, 36 pessoas (27 homens e 9 mulheres) foram presas e apreendidos 2Kg de pasta base e 5.118Kg (cinco toneladas e cento e dezoito quilos) de maconha, 12,7Kg de crack, 16,8Kg de haxixe, 25,1Kg de Ecstasy (cerca de 75.800 (setenta e cinco mil e oitocentos comprimidos), 6,1Kg de metanfetamina, 5Kg de fenacetina, 16,9Kg de Cocaína, 3Kg de bicarbonato de sódio e 12Kg de manitol. Em 2015 a PF conseguiu prender 34 (trinta e quatro) pessoas por tráfico de drogas, 862Kg (oitocentos e sessenta e dois quilos) de maconha,156Kg (cento e cinquenta e seis) quilos de pasta base de cocaína, 28Kg (vinte e oito) quilos de crack e 614Kg (seiscentos e quatorze) quilos de cocaína pura;

ESTATÍSTICAS DE APREENSÃO AEROPORTO:
Esta é a 14ª apreensão realizada no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre no ano de 2016 com 14 pessoas presas (9 homens e 5 mulheres) e apreensão de 26Kg de haxixe, 13.7Kg de cocaína, 6,1Kg de metanfetamina, 25,1Kg de Ecstasy (cerca de 75.800 (setenta e cinco mil e oitocentos comprimidos) e 56 aparelhos celulares Iphone7. Em 2015 houve apenas uma apreensão de drogas no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre com duas pessoas presas (2 mulheres) com 10,6Kg de cocaína.

Compartilhe   

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

apreensaoA Polícia Federal em Pernambuco através do Grupo de Repressão a Crimes Cibernético-GRCC, dentro da “Operação Help”, deu cumprimento na manhã de ontem, 13/12/2016, por volta das 6h, a dois Mandados de Busca e Apreensão, disponibilizando para isso duas equipes com um total de 08 oito policiais federais, cuja ordem judicial foi expedida pela 4ª Vara da Justiça Federal/PE.  Os Mandados foram cumpridos em Maranguape I e Jardim Paulista – ambos na cidade Paulista/PE com o objetivo de reprimir crimes de divulgação fotos e vídeos com conteúdo pornográfico infantil através da internet!

As buscas em Maranguape I, resultou na prisão em flagrante de um porteiro de 31 anos, natural de Recife/PE, onde após análise pericial em seu notebook foi detectada a presença de vasto material contendo pornografia infantil. Foram apreendidos 01 notebook, 01 disco rígido, os quais foram arrecadados por Peritos Criminais Federais utilizando de tecnologia, sistemas e equipamentos avançados de buscas por imagens ou vídeos de arquivos que contenham material pornográfico infantil.

apreensao-pfO porteiro foi levado para a Sede da Polícia Federal em Pernambuco onde confessou em interrogatório que começou a se interessar por pornografia infantil no ano de 2013, quando se separou de sua companheira em virtude dela ter um comportamento violento, provocando nele alguns traumas e depressão profunda. Informou também que nunca chegou a produzir vídeos com material pedófilo, nem manteve qualquer relação sexual com criança ou adolescente e que a partir de ano que vem, em virtude de aprovação em vestibular vai começar a cursar psicologia.

O suspeito foi autuado em flagrante pelo crime contido no Estatuto da Criança e do Adolescente (Artigo 241-B c/c 241-E da Lei 8.069/90) por possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente (pena – reclusão, de 1 a 4 anos de reclusão). O autuado pagou uma fiança de R$ 1.000,00 (mil reais) e vai responder ao processo em liberdade!  O segundo mandado de busca e apreensão o qual foi cumprido em Jardim Paulista I, não resultou em prisão em flagrante e nenhum material pornográfico infantil foi encontrado nos equipamentos analisados.

OPERAÇÕES DE COMBATE À PEDOFILIA REALIZADO PELA POLÍCIA FEDERAL

Em 2015 foram feitas 04 (quatro) Operações de combate a pornografia infantil;

14 (quatorze) Mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos;

13(treze) endereços fiscalizados e 03 (três) suspeitos autuados em flagrante!

24 (vinte e quatro) cidades foram detectadas com registro de pornografia infantil.

Em 2016 já foram feitas 06 (seis) Operações de combate a pornografia infantil;

12 (doze) Mandados de Busca e Apreensão foram cumpridos;

10 (treze) endereços fiscalizados e 06 (seis) suspeitos foram presos em flagrante;;

08 (oito) cidades foram detectadas com registro de pornografia infantil.

Compartilhe   

terça-feira, 13 de dezembro de 2016

1º CASO: ASSALTO A CAMINHÃO DOS CORREIOS:
assaltos-a-caminhao-dos-correiosassalto-a-caminhaoA Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista a ocorrência de duas investidas de bandidos contra um caminhão dos Correios que transportavam mercadorias diversas (BR 101 – nas proximidades do município de Escada/PE, distante cerca de 50Km da capital pernambucana) e outra contra a central de distribuição e agência dos Correios que fica localizada na Avenida João de Barros 1912 na Encruzilhada), INFORMA O SEGUINTE: a primeira investida contra o caminhão dos Correios se deu por volta de 7:20h do dia 12/12/2016 e durou cerca de 1 hora, sendo executada por 03 suspeitos-(dois num veículo passeio e outro numa moto) os quais abordaram o condutor do caminhão colocando a viatura na frente do seu veículo impedindo a sua passagem quando estava subindo um trecho íngreme da BR 101 próximo a Escada. Um deles armado com revólver calibre 38, forçou o motorista a conduzir o veículo para um local às margens da BR onde havia vegetação nativa a fim de que quem trafegasse na pista não pudesse observar o caminhão. O tempo todo os bandidos ameaçavam o motorista do caminhão a baixar a cabeça e não olhar para a fisionomia dos suspeitos (alguns deles estavam com o rosto encoberto).  Após o motorista ser levado para este local escondido, os assaltantes, começaram a roubar e colocar para dentro da sua viatura encomendas, principalmente produtos eletrônicos, que estavam sendo levadas para Ribeirão, Gameleira, Joaquim Nabuco, Palmares, Água Pretas e Xexéu. Após terem roubado os produtos, os bandidos foram embora e tomaram destino ignorado. A Polícia Militar e a Civil foram acionadas chegando ao local minutos depois, fez algumas incursões com vistas a capturar os suspeitos, porém, não logrou êxito em suas prisões.

2º CASO: ASSALTO A CENTRAL DE DISTRIBUIÇÃO E AGÊNCIA DOS CORREIOS DA ENCRUZILHADA:
agencia-dos-correiosNa segunda investida contra a central de distribuição e agência dos Correios da Encruzilhada, a ação aconteceu na madrugada do sábado (10/12) e provavelmente foi executada por mais de 04(quatro) bandidos, não se sabendo precisar em que viatura chegaram! Na ação os criminosos adentraram primeiro a central de distribuição arrombando o portão lateral, retiraram o aparelho de ar-condicionado e lá dentro também retirando outro aparelho de ar-condicionado, tiveram acesso ao interior da agência dos correios da Encruzilhada, arrombando dos fundos e dirigiram-se para o local onde estava o cofre. Lá dentro, utilizando maçarico e cilindro de oxigênio perfuraram o cofre e conseguiram levar os valores existentes em seu interior (a quantia não será divulgada) saindo pelos mesmos locais por onde entraram, ou seja, pela caixa dos ar-condicionados.  Ao que tudo indica, não foi percebido nenhum roubo a qualquer tipo de mercadorias existentes naquela agência e central de distribuição. Ao entrar na central de distribuição e posteriormente na agência os bandidos danificaram o detector de presença e levaram os equipamentos de filmagens. A arma do vigilante não foi levada e uma câmera do comércio local também foi posicionada para baixo pelos bandidos a fim de que não fosse captada suas ações. A agência possui porta detectoras de metais, possui câmeras de circuito interno e externo, aparelho de retardo no cofre que só abre em horário pré-programado, vigilante e anteparo blindado!

assalto-a-cofre-dos-correiosEm ambos os casos ao tomar conhecimento dos fatos a Polícia Federal deslocou uma equipe para os locais, no intuito de realizar as primeiras investigações e perícias, testemunhas foram ouvidas afim de que possam subsidiar as investigações que estão em andamento e inquérito policial foi instaurado. As investigações vão prosseguir, no sentido de identificar, localizar e prender todos os integrantes desta quadrilha de criminosos que empreenderam fuga.

EM 2015 REGISTRAMOS AS SEGUINTES OCORRÊNCIAS ENVOLVENDO OS CORREIOS:
25 episódios ocorridos entre arrombamentos: (13) assaltos; (12) arrombamentos; com 05 armas furtadas.

EM 2016 REGISTRAMOS OS SEGUINTES OCORRÊNCIAS ENVOLVENDO OS CORREIOS:
36 episódios ocorridos entre arrombamentos: (18); assaltos: (17); e explosões: (01); com 07 (sete) armas furtadas;
PRISÕES GERAIS:
42 assaltantes presos dos Correios e da Caixa Econômica Federal com 06 quadrilhas desarticuladas

Compartilhe   

sexta-feira, 09 de dezembro de 2016

prisao-alberisson-agreste-violento-2Policiais e bombeiros militares realizam, nesta sexta-feira (9), uma assembleia na área da praça do Derby – no bairro de mesmo nome, na região Central do Recife. Durante o ato, ainda na concentração, policiais militares prenderam administrativamente o presidente e vice-presidente Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), Albérisson Carlos e Nadelson Leite, respectivamente.

prisao-alberisson-agreste-violento-1A prisão aconteceu quando Albérisson discursava, no carro de som utilizado no movimento. Agentes do Quartel do Derby fizeram a prisão e os policiais que estavam no ato reagiram com gritos contra a detenção. Participam a Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados Policiais e Bombeiros Militares (ACS), Associação de Praças dos Policiais e Bombeiros Militares de Pernambuco (Aspra-PE), Associação de Bombeiros Militares de Pernambuco (ABM-PE) e Associação dos Militares Estaduais (AME).

A expectativa é que o carro de som saia do local em direção ao Palácio Campo das Princesas. A manifestação pede a valorização profissional, equiparação com salário recém-conquistado pelos policiais civis, além dos “penduricalhos” – que seriam os bônus que os militares recebem; eles querem que seja considerado subsídio, ao invés de bonificação.

prisao-alberisson-agreste-violento-3“Esse posicionamento da Justiça é compreensível e aceitável, mas pode ser contestado. O Governo do Estado não deveria dar essa condução porque isso é muito ruim para o estado democrático de direito. Albérisson foi preso sem nem ter deliberado greve”, comentou o deputado Joel da Harpa, presente no ato. “Os policiais e bombeiros militares estão aqui desarmados e em um movimento reivindicatório. De uma forma arbitrária, parecendo que estamos de volta à ditadura militar, o companheiro foi preso.”

De acordo com a Procuradoria Geral do Estado, é vedada a sindicalização e a greve por parte dos militares. Por conta disso, a PGE havia pedido à Justiça uma tutela por conta da possibilidade de deflagração de greve. O desembargador José Fernandes Lemos havia determinado que as quatro associações que representam os policiais e bombeiros militares “se abstenham de realizar reunião, assembleia ou qualquer evento que tenha por objetivo reunir ou patrocinar a deflagração de greve de militares estaduais ou qualquer outro movimento que comprometa a prestação do serviço de segurança pública”. A multa estabelecida havia sido de R$ 100 mil em caso de descumprimento.

Em áudio divulgado na manhã desta sexta-feira pelo WhatsApp e recebido pelo portal FolhaPE, Albérisson havia confirmado sua presença na assembleia no Derby e comentado a possibilidade de prisão. “Todos são bem que há uma intenção de prender tanto a mim quanto Nadelson [Leite, vice-presidente da ACS] desde ontem [quinta-feira, 8]”, afirmou.

O mandado de prisão havia sido pedido pela própria Polícia Militar, segundo consta no processo 0033093-44.2016.8.17.0001 da Justiça Militar. A ação foi movida contra Albérisson e Nadelson com classe de auto de prisão em flagrante e assunto de prisão preventiva.00

De acordo com o advogado de Nadelson e coordenador jurídico da ACS, Eduardo Morais, os dois presos foram levados para a sede da Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe). “Até agora, a gente não sabe o motivo da prisão. Estamos acionando o Ministério Público e também a Corregedoria porque queremos saber o motivo”, afirmou.

Morais ainda disse que Nadelson e Albérisson foram retirados do carro de som sem ter sido explicada a tipificação do crime. “Quando alguém é preso com arma ou droga, o policial dá voz de prisão pelo ato criminoso. Aqui, eles foram conduzidos ‘na tora’, como na ditadura de 1964.”

Ainda segundo Morais, o Estado levou uma representação por crime militar no plantão da Justiça criminal na quinta-feira, que teria sido indeferido. “Hoje [sexta-feira], foi novamente representado na Justiça Militar, que pedia vistas ao Ministério Público. Ou seja, não saiu decisão ainda. Prenderam ele na ‘tora'”, reafirmou.

Oposição

A bancada de oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) condena a prisão do presidente e vice-presidente da Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco. Para os parlamentares, o momento é de se construir o diálogo. Em nota, os parlamentares ainda afirmam que a medida não contribui para que o Governo do Estado e os agentes de segurança cheguem um acordo.

(Com informações da Folha de Pernambuco)

Compartilhe