| PORTAL AGRESTE VIOLENTO

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 99629.3543
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 98156.0805
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

prisao-prfrosivaldoA Polícia Rodoviária Federal prendeu no dia 18/09/2016, por volta das 23h, ROSIVALDO WANDERLEY DA SILVA, casado, 62 anos, funcionário público federal, natural de Recife/PE e residente em Beberibe-Recife/PE. A prisão se deu pelo Grupo de Patrulhamento Tático da Polícia Rodoviária Federal, na BR 101 em Igarassu/PE quando realizavam abordagens a diversos ônibus interestaduais, após pararem um coletivo que seguia de Natal/RN para a capital pernambucana.

Ao ser consultado os bancos criminais contatou-se a existência de um mandado de prisão em aberto contra ROSIVALDO, expedido pela 13ª Vara Federal com sentença condenatória de 5 anos e 4 meses de reclusão a ser cumprida em regime semi-aberto, pelo crime contido no artigo 171 § 3º (estelionato com a agravante de ter sido cometido contra uma entidade de direito público de assistência social.

abordagemTerminado os trabalhos investigativos o preso foi levado para sede da Polícia Federal em Recife/PE, onde tomou ciência do mandado de prisão, foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais, e em seguida foi conduzido para realizar Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, posteriormente foi levado para a audiência de custódia em Recife/PE e por fim conduzido para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Federal.

RELEMBRE O CASO:

ROSIVALDO WANDERLEY DA SILVA, na qualidade de funcionário do Posto do INSS, localizado no bairro do Pina-Recife/PE, juntamente com outros comparsas, teria concedido irregularmente diversos benefícios previdenciários, da espécie aposentadoria por tempo de serviço, a segurados que não possuíam o tempo mínimo de contribuição exigido pela lei, por meio de requerimentos administrativos instruídos com documentos falsos ou mesmo sem documento algum, pela apresentação de PIS fictícios, contratos rasurados nas carteiras profissionais.

A fraude foi descoberta pela auditoria do Instituto, que suspendeu os pagamentos e encaminhou o procedimento administrativo para que a Polícia Federal iniciasse uma investigação com vista a responsabilizar todos os envolvidos. Na época, em 2004, os valores que eram cobrados pela concessão das aposentadorias fraudulentas variavam de R$ 3 mil a R$ 4 mil reais.

Um Processo Administrativo, instaurado pelo INSS resultou na demissão de ROSIVALDO, o qual, segundo levantamentos da auditoria já havia concedido pelo menos 25 (vinte e cinco) aposentadorias fraudulentas.

Compartilhe   

terça-feira, 20 de setembro de 2016

cocaina-em-posuspeitaA Polícia Federal em Pernambuco autuou em flagrante no dia 17/09/2016 por volta das 1h, SILVIA BÁRBARA DA SILVA PALHETA brasileira, solteira, 34 anos, doméstica, natural de Belém/PA e residente no bairro de Icoaraci-Belém/PA-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os agentes desconfiaram da suspeita em virtude de não ter dado explicações coerentes acerca de ser oriunda de outro estado e estar tentando embarcar para Cabo Verde na África pelo aeroporto de Recife. Em virtude de tal suspeita ela foi convidada a participar de uma entrevista prévia na sala da Polícia Federal e foi solicitada a sua bagagem afim de que fosse feita uma vistoria e busca minuciosa, onde encontrou-se 12 (doze) embalagens de descolorantes de cabelo.

A suspeita não soube sequer dizer onde havia comprado tais produtos e nem apresentou a nota fiscal motivo pelo qual foi aberta uma dessas embalagens e ao ser submetida a exame preliminar de narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 1Kg da droga.

euroTerminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada SILVIA recebeu voz de prisão em flagrante foi informada dos seus direitos e garantias constitucionais, onde acabou sendo autuada pela prática do crime contido no artigo 33 e 40, inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de drogas) e caso seja condenada poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, a presa realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, em seguida encaminhada para a audiência de custódia e posteriormente foi conduzida para a Colônia Penal Feminina, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidas passagens aéreas, um aparelho celular, passaporte e quantia de € 300 euros cerca de R$ 1.100 reais.

cocainaEm seu interrogatório SILVIA informou que fez uma viagem para São Paulo/SP e combinou de ir para Cabo Verde na África com um namorado e tendo chegado na capital paulista conheceu uma mulher num salão de beleza que sabendo que ela iria para a África pediu para que ela entregasse as 12 embalagens de descolorante de cabelo a um taxista naquele país que a reconheceria pela sua foto quando desembarcasse no aeroporto. Disse ainda que a cabeleireira tinha sotaque de outro país e lhe ofereceu € 300 euros para custear suas despesas, porém recusou-se a dar maiores detalhes sobre tal pessoa.

Esta já é 19ª apreensão de drogas que a PF realiza em Pernambuco no ano de 2016. Até agora, 24 pessoas (18 homens e 6 mulheres) foram presos e apreendidos 2Kg de pasta base e 2.834Kg de maconha e 3,1Kg de crack, 13Kg de haxixe, 5Kg de fenacetina, 13,7Kg de Cocaína, 3Kg de bicarbonato de sódio e 12Kg de manitol. Em 2015 a PF conseguiu prender 34 (trinta e quatro) pessoas por tráfico de drogas, 862Kg (oitocentos e sessenta e dois quilos) de maconha,156Kg (cento e cinquenta e seis) quilos de pasta base de cocaína, 28Kg (vinte e oito) quilos de crack e 614Kg (seiscentos e quatorze) quilos de cocaína pura;

Esta é a 5ª apreensão de drogas realizada no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre no ano de 2016 com 5 pessoas presas (3 homens e 2 mulheres) e apreensão de 13Kg de haxixe, 9,3Kg de cocaína. Em 2015 houve apenas uma apreensão de drogas no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre com duas pessoas presas (2 mulheres) com 10,6Kg de cocaína.

Compartilhe   

segunda-feira, 19 de setembro de 2016

dalton-wagner-dalton-cangaiaA Polícia Federal em Pernambuco, através da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio-DELEPAT, prendeu na manhã da última sexta-feira (16/09), por volta das 11h, DALTON WAGNER DA SILVA, vulgo “Dalton Cangaia”, 26 anos, solteiro, auxiliar de mecânico, natural de Abreu e Lima/PE, e residente em Igarassú/PE – (possui antecedentes criminais- já foi preso em 2010 por furto qualificado e em 2014 por tráfico de drogas e associação para o tráfico).

DALTON era o último suspeito que faltava ser preso quando da deflagração da “Operação Positus”, que ocorreu no dia 17/06/2016 e que desarticulou uma quadrilha especializada em assaltos a caminhões da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos – Correios. O suspeito foi preso em virtude do cumprimento de Mandado de Prisão Preventiva expedido pela 4ª Vara Federal, quando estava numa casa dentro de uma comunidade em Igarassú/PE e não ofereceu nenhum tipo de resistência quando da abordagem dos policiais federais. O preso irá responder pelos crimes de roubo com emprego de arma de fogo, com concurso de duas ou mais pessoas, mantendo a vítima em seu poder e associação criminosa. Caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 4 a 14 anos de reclusão.

Após sua prisão o suspeito foi conduzido até a sede da Polícia Federal onde foi ouvido em inquérito policial e depois encaminhado para fazer exame de corpo de delito do IML –Instituto de Medicina Legal, sendo em seguida levado para comparecer à audiência de custódia e por fim levado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna ficando à disposição da Justiça Federal.

RELEMBRE A OPERAÇÃO POSITUS:

A Operação Positus foi deflagrada no dia 17/06/2016 onde 15(quinze) policiais federais divididos em 3 equipes, deram cumprimento a três mandados de prisão preventiva, três mandados de busca e apreensão e uma condução coercitiva, tendo ficado em aberto naquela época, apenas um desses mandados em desfavor do DALTON. As investigações tiveram início com a prisão em flagrante de ELDE ALEXANDRE ALVES, durante assalto ocorrido no dia 19/05/2016, na BR-232, no município de Pombos/PE. Na ocasião, um dos suspeitos conseguiu fugir e o outro foi preso por Policiais Militares do 21º Batalhão. Após uma longa perseguição o suspeito se jogou do caminhão depois que os policias atiraram contra o pneu do veículo, obrigando sua parada. Após a autuação do flagrante, as investigações prosseguiram no intuito de identificar os demais membros da quadrilha, tendo sido identificados e presos preventivamente quando da deflagração da operação:

NILSON FERREIRA GONÇALVES, 25 anos, casado, motorista e residente em Igarassu/PE – (possui antecedentes criminais, já foi preso por porte ilegal de arma de fogo); JONATHAN ALIFFE RIBEIRO DE ANDRADE 23 anos, casado, autônomo e residente em Igarassu/PE – (não possui antecedentes criminais); TIAGO ROBERTO DA SILVA FERREIRA, 23 anos, casado, autônomo e residente em Igarassu/PE – (não possui antecedentes criminais).

A quadrilha atuava com o monitoramento dos caminhões SEDEX, realizando a abordagem em rodovia e mantendo o motorista da empresa em cárcere privado até descarregar as encomendas. Os presos foram autuados como incurso nas penas de roubo qualificado e formação de quadrilha, podendo a pena chegar até 18 anos de reclusão. Em seus interrogatórios, apesar de um deles negar participação, os outros presos informaram que todos tiveram participação na investida sendo colocado para dentro da cena do crime, quer seja dirigindo o veículo, abordando os motoristas ou ficando responsável com a guarda da carga roubada e o sequestro do motorista para o manter em cárcere privado! *A palavra “postal” provém do latim “positus”, nome dado aos postos de correio situados ao longo dos caminhos para dar descanso aos mensageiros.

PRISÕES GERAIS:
Até agora foram presos em Pernambuco 38 (trinta e oito) assaltantes dos Correios, da Caixa Econômica Federal e ligados a órgãos públicos federais, cuja competência seja de atuação da Polícia Federal e 06 quadrilhas desarticuladas!

Compartilhe   

sábado, 17 de setembro de 2016

carlos-attiasA Polícia Federal em Pernambuco confirma que a Justiça Argentina soltou o pai de Carlinhos, Carlos Attias, quando sua mãe Cláudia Bordoux estava em pleno voo para a Argentina com o objetivo de repatriar seu filho para o Brasil, fato este que foi comunicado imediatamente a ela por policiais federais e fez também com que o menor voltasse a ficar sob os cuidados do pai! É importante salientar que em questão de justiça a Argentina como qualquer outro país é soberana em suas decisões, mesmo tendo uma decisão da justiça brasileira contrária!

Também frisamos que todos os esforços e tudo o que estava ao alcance das polícias federal e civil bem como o empenho das justiças estadual e federal foram empregados de forma constante e abnegada com vistas a localizar e trazer o menino Carlinhos de volta para o Brasil! Apesar de não ser mais possível nenhuma providência na esfera policial em virtude de todas as difusões (amarela e vermelha) da Interpol terem sido cumpridas, ou seja, o menor localizado e o pai preso.

No entanto, a Senhora Claudia Bordoux está tendo todo o apoio da Polícia Federal através dos seus adidos, da embaixada e do consulado brasileiro na Argentina para que sendo essa decisão revertida, mãe e filho possam retornar para o Brasil no mais curto espaço de tempo possível, já que na decisão judicial existe uma determinação para que a mãe comparecesse pessoalmente aquele país e com o auxílio do organismo diplomático pudesse pleitear a repatriação da criança!

Estando ambos, (pai e filho) na Argentina e sendo ambos argentinos, já que o menor nasceu lá e tem dupla nacionalidade, a questão será decidida daqui para frente no âmbito das Relações Exteriores. A decisão judicial proíbe o pai de Carlinhos de deixar a Argentina. O processo de repatriação da criança será conduzido pelo consulado brasileiro na Argentina.

Em Recife a Polícia Federal também está mobilizada para que caso haja a necessidade de procedimentos policiais e judiciais, tais medidas e decisões possam chegar à Argentina o mais rápido possível!

Compartilhe   

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

carlos-attiasA Polícia Federal em Pernambuco através de sua projeção Interpol, comunica que na data de ontem, dia 14/09/2016, por volta das 23h, recebeu a informação do seu Órgão Central em Brasília de que a Polícia Federal Argentina, havia localizado e efetuado a prisão em Buenos Aires do empresário Argentino CARLOS ATTIAS bem como tinha encontrado e apreendido o seu filho menor de 8 anos, CARLOS ATTIAS BOURDOUX de 8 anos.

Após a decretação da Prisão Preventiva pela Justiça Pernambucana solicitada pela Polícia Civil, o nome do empresário argentino, havia sido incluído no dia 31/08/2016, na lista de procurados da difusão vermelha da Interpol e estava sendo procurado em 192 países do mundo!  Agora com a sua prisão a Polícia Federal providenciará o envio de policiais federais da Interpol até Buenos Aires até à Argentina onde deverá proceder o recebimento por aquelas autoridades tanto do pai quanto da criança e os reconduzirá para o Brasil.

Ao chegarem no Brasil ambos deverão ser entregues à Polícia Civil que está à frente das investigações, a qual adotará todos os procedimentos legais de Polícia Judiciária. O prazo para que os dois sejam trazidos de volta ao Brasil, ainda não tem uma data definida, porém, tão logo sejam definidas a compra das passagens e autorização de Brasília para que os policiais federais procedam a viagem até aquele país será devidamente informado aos veículos de comunicação. A Polícia Federal está envidando todos os esforços para que isso possa ocorrer o mais rápido possível.

O caso envolvendo as acusações de Cláudia Boudoux, mãe de Carlinhos, ganhou repercussão no dia 10/02/2016 quando a fisioterapeuta denunciou à Polícia Federal o desaparecimento do filho e acusou o ex-marido. Um dia antes, já havia feito uma denúncia no Grupo de Operações Especiais (GOE), da Polícia Civil.

Compartilhe   

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

pf-cocaina-liquida-apreensaosuspeitoA Polícia Federal em Pernambuco autuou em flagrante no dia 12/09/2016 por volta das 22h, BRUNO SARAIVA BARROSO DE CASTRO brasileiro, solteiro, 20 anos, comerciário, natural de Crateús/CE e residente no bairro Carlito Pamplona-Fortaleza/CE-(não possui antecedentes criminais). A prisão aconteceu durante fiscalização de rotina destinada a reprimir o tráfico internacional de entorpecentes no Aeroporto Internacional dos Guararapes – Gilberto Freyre. Os agentes desconfiaram do suspeito em virtude do seu nervosismo, impaciência e inquietação. Em virtude de tal comportamento ele foi convidado a participar de uma entrevista prévia na sala da Polícia Federal onde começou a se contradizer em algumas das suas respostas (não soube explicar porque estaria saindo de Recife/PE e não de Fortaleza/CE para o exterior e nem informou em qual hotel se hospedaria na capital pernambucana).

A ação teve seu desfecho final quando a equipe de policias federais diante de suas respostas imprecisas solicitou a sua bagagem afim de que fosse feita uma vistoria e busca minuciosa, onde encontrou-se 05 (cinco) recipientes sendo: um de cachaça, três de shampoo e um de antisséptico bucal, o qual ao ser submetido a exame preliminar de narcoteste resultou positivo para cocaína, totalizando um peso bruto de 3,8Kg da droga.

pf-bagagem-com-drogaTerminado os trabalhos investigativos e tendo sido toda a droga encontrada o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais, onde acabou sendo autuado pela prática do crime contido no artigo 33 e 40, inciso I da Lei nº 11.343/2006 (tráfico internacional de drogas) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 20 anos de reclusão. Após a autuação, o preso realizou Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, em seguida encaminhado para a audiência de custódia e posteriormente foi recambiado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, onde ficará à disposição da Justiça Federal/PE. Além da droga também foram apreendidas passagens aéreas, um aparelho celular, passaporte e quantia de € 800 euros cerca de R$ 3.000 reais.

pf-euroEm conversa com os agentes o preso informou que esta seria a primeira vez que estava levando droga para o exterior por estar devendo a quantia de R$ 15 mil reais a um amigo em virtude de ser usuário! Então foi lhe oferecido o pagamento da dívida se ele resolvesse transportar a cocaína para Lisboa/Portugal. Os traficantes de Portugal iriam reconhece-lo através de uma foto repassada pelo aparelho celular. O preso não deu detalhes e nem informações mais precisas de quem seria a pessoa que lhe aliciou no Brasil e nem quem receberia a droga quando chegasse em Portugal. Disse também que saiu de Fortaleza/CE e foi para o Rio de Janeiro/PE onde pegou a droga, desembarcou em Recife/PE de onde deveria embarcar para Portugal.

Esta já é 18ª apreensão de drogas que a PF realiza em Pernambuco no ano de 2016. Até agora, 23 pessoas (18 homens e 5 mulheres) foram presos e apreendidos 2Kg de pasta base e 2.834Kg de maconha e 3,1Kg de crack, 13Kg de haxixe, 5Kg de fenacetina, 12,7Kg de Cocaína, 3Kg de bicarbonato de sódio e 12Kg de manitol. Em 2015 a PF conseguiu prender 34 (trinta e quatro) pessoas por tráfico de drogas, 862Kg (oitocentos e sessenta e dois quilos) de maconha,156Kg (cento e cinquenta e seis) quilos de pasta base de cocaína, 28Kg (vinte e oito) quilos de crack e 614Kg (seiscentos e quatorze) quilos de cocaína pura;

Esta é a 4ª apreensão de drogas realizada no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre no ano de 2016 com 4 pessoas presas (3 homens e 1 mulher) e apreensão de 13Kg de haxixe, 8,3Kg de cocaína. Em 2015 houve apenas uma apreensão de drogas no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre com duas pessoas presas (2 mulheres) com 10,6Kg de cocaína.

A prisão só foi divulgada nesta data porque havia a possibilidade de outros traficantes estarem hospedados em hotéis de Recife/PE e se fez necessário a não divulgação para não prejudicar as investigações e suas respectivas prisões! Porém as diligências resultaram sem sucesso.

Compartilhe   

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

topbakbus-olimpiada-do-medoComeçou a repercutir nesta terça-feira (13) a campanha realizada pela Adeppe (Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco) que alerta a população sobre o crescente e assustador número nos casos de homicídios, assaltos, arrombamentos, furtos e violência contra a mulher em todo estado de Pernambuco.

Outdoors e propagandas nos ônibus tomaram conta das ruas do Recife, região metropolitana e interior do estado. Os dados são alarmantes e mostram que Pernambuco está passando por um momento assustador e deixando a população completamente insegura.

Os números que estão estampados nas peças publicitárias mostram que este ano 2.963 homicídios já foram confirmados em Pernambuco, 1.312 assaltos a ônibus foram registrados, os bancos já sofreram 125 assaltos e arrombamentos, já chegamos à marca de 13 mil veículos roubados e 5.120 casos de violência contra as mulheres.

Francisco Rodrigues, presidente da Adeppe, aproveitou o encontro com os delegados na última Assembleia Geral da Categoria e informou sobre o material publicitário que estava indo para as ruas. Francisco comentou sobre a importância de realizar ações deste tipo.

“Estamos querendo uma segurança pública de qualidade para nosso estado, pois as condições de trabalho que o governo de Pernambuco oferece para a categoria não permitem que executemos nossas funções por completo e muitas das investigações acabam sem poder ter continuidade, graças à falta de efetivo e a falta de respeito com os delegados de polícia. Os outdoors e topbackbus que colocamos nas ruas são para mostrar que tem muita coisa errada e nada está sendo feito nada para melhorar a situação”, relatou Francisco.

A “Olimpíada do Medo” também está tendo repercussão nas redes sociais. Vários comentários sobre a insegurança e relatos de assaltos e violência estampam as postagens. Como é comum encontrar mensagens de casos de violência na internet, a campanha só vem confirmar o descaso do poder público com a segurança em Pernambuco.

Adeppe – Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco

 

Compartilhe   

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

operacao-managerA Polícia Federal em Pernambuco deflagrou na manhã de hoje, 12/09 a “Operação Manager”, objetivando o desmantelamento de uma organização criminosa especializada em concessão fraudulenta de aposentadorias rurais. A prática fraudulenta utiliza pessoas residentes na cidade do Cabo de Santo Agostinho/PE e arredores, com auxílio de membros do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Cabo/PE, onde tais integrantes conseguiam obter suas aposentadorias na Agência da Previdência Social do INSS de São Lourenço da Mata/PE contando com apoio do referido Gerente daquela agência.

Desde a manhã de hoje, 6h, cerca de 60 policiais federais e 03 Técnicos do INSS estão cumprindo 02 Mandados de Prisão Preventiva: Boa Viagem (01) e Jaboatão dos Guararapes (01), 06  Mandados de Busca e Apreensão: Cabo de Santo Agostinho (03), Boa Viagem (01), Jaboatão dos Guararapes (01) e São Lourenço da Mata (01), bem como 04 Mandados de Condução Coercitiva: Cabo de Santo Agostinho (03) e Jaboatão dos Guararapes (01).

As investigações tiveram início no ano de 2015 que descobriu um grande esquema de concessão irregular de diversos benefícios previdenciários a pessoas residentes no Cabo de Santo Agostinho/PE e arredores os quais era composta pelo do Gerente da Agência da Previdência Social do INSS de São Lourenço da Mata/PE, com a intermediação de funcionários e do Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Cabo de Santo Agostinho/PE, os quais providenciavam a documentação falsa.

Uma vez concedido o benefício tais pessoas eram ‘’convidados’’ a obter empréstimos consignados, onde a maior parte do valor desses empréstimos era repassado para os membros da Organização Criminosas. O implemento desses empréstimos consignados foi feito com auxílio de um correspondente bancário.

Participavam do esquema criminoso também empregados e pessoas de confiança do Sindicato dos Trabalhadores Rurais do Cabo de Santo de Agostinho, os quais aliciavam trabalhadores que não faziam jus aos benefícios, providenciando junto com seu presidente, a documentação falsa para que o benefício fosse posteriormente concedido pelo gerente da Agência da Previdência Social de São Lourenço da Mata/PE. Estima-se um prejuízo financeiro na ordem de R$ 632.000,00 mensais na manutenção desses benefícios irregulares. O prejuízo total é estimado em 11 milhões de prejuízo aos cofres públicos.

Os integrantes da Organização Criminosa serão responsabilizados criminalmente pela prática dos crimes artigo 171§3º, artigo 299, artigo 313-A todos do Código Penal e artigo 2 º da lei 12850-2013 Caso sejam condenados, as penas somadas, podem chegar a 30 anos de reclusão.

Coletiva de imprensa será concedida às 10h na sede da Policia Federal onde serão fornecidos mais detalhes sobre a investigação!

Compartilhe   

sábado, 10 de setembro de 2016

luciano-joseA Polícia Federal em Pernambuco depois de 4 meses de investigação realiza a prisão de LUCIANO JOSÉ RIBEIRO DE VASCONCELOS, casado, 63 anos, advogado, natural de Recife/PE e residente no Espinheiro-Recife/PE. A prisão aconteceu depois de um longo levantamento e pesquisas realizadas pelo Núcleo Especial de Capturas da Polícia Federal com o objetivo de localizar o paradeiro do foragido, haja vista que o advogado possuí mais de 15 endereços onde possivelmente poderia estar. Como o suspeito era condenado e possuía vínculo com a Ordem dos Advogados do Brasil, foi solicitado informações de alguns locais que ele residia, porém, sem sucesso, mesmo porque tomou-se conhecimento de que ele havia tido a sua carteira da Ordem dos Advogados cassada por responder a um processo anterior por tráfico de pessoas. Todos os endereços dos parentes também foram consultados sem, contudo, obter-se a informação de onde ele poderia estar morando.

Até que as investigações deram conta de que ele tinha um problema renal onde foram feitos levantamentos para saber qual clínica ele estaria fazendo tratamento de pessoas com problemas nos rins, até que foi descoberto que ele havia feito ido a São Paulo onde se submeteu a uma cirurgia de transplante de rins. Na volta ao Recife/PE como ele tinha que fazer exames periódicos de manutenção em virtude do problema renal foi então que se soube onde ele estaria fazendo tais exames. Por várias vezes tentou-se localizá-lo até que no dia 07 de setembro, por volta das 10h, os policiais federais se dirigiram até o Hospital Português e conseguiram realizar a sua captura quando ele estava pronto para fazer mais uma bateria de exames. Terminado os trabalhos investigativos e tendo o preso sido encontrado ele tomou ciência do Mandado de Prisão Expedido pela 36ª Vara da Justiça Federal foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais, e em seguida foi conduzido para realizar Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, posteriormente  para a audiência foi levado para a audiência de custódia em Recife/PE e por fim conduzido para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça Federal.  O preso não deu maiores detalhes aos policiais sobre sua condenação e como participou do esquema de tráfico de pessoas, porém, LUCIANO já é condenado há 14 anos de reclusão em regime fechado, por uso de documento falso (artigo 304 do Código Penal) e por promover ou auxiliar a efetivação de envio de criança ou adolescente para o exterior com o fito de obter lucro (artigo 239 do Estatuto da Criança e do Adolescente).

RELEMBRE O CASO:
No dia 09 de julho de 1993 por volta das 10h, policiais da 14ª Delegacia de Polícia Metropolitana receberam telefonema anônimo denunciando a ocorrência de alguma coisa estranha no bairro de Piedade, Jaboatão dos Guararapes, tendo em vista o grande número de estrangeiros que frequentemente compareciam ao mencionado local, ondem também podia-se ouvir o choro de crianças pequenas. Em virtude de tais informações, a autoridade policial determinou o envio de agentes da polícia civil para apurar os fatos noticiados. Chegando ao local, lograram encontrar 3(três) crianças aparentando um ano de idade, em péssimas condições de higiene e saúde, pois não eram alimentadas há dias e que apresentavam sinais evidentes de dermatoses. Pelo que foi investigado, essas crianças eram mantidas naquele imóvel por LUCIANO JOSÉ RIBEIRO DE VASCONCELOS, o qual não detinha, por qualquer forma, a guarda legal dos menores. Enquanto os policiais efetuavam a relatada diligência, o suspeito chegou ao local junto com o seu tio, os quais foram presos em flagrante, juntamente com os dois “empregados” daquele local. Na delegacia os empregados disseram que há cerca de um mês estavam trabalhando para LUCIANO, tomando conta de três crianças, cujos nomes sequer sabia, inclusive desconhecia quem eram os seus pais. Falou até que as crianças passavam fome porque os responsáveis pela casa deixaram faltar alimentos, e que durante o tempo em que trabalhou para ele, presenciou quando uma criança de 8 (oito) anos de idade foi levada de lá por um italiano.

OUTRO CASO: No ano de 1999, OSCAR MELO, que trabalhava na Vara de Família da comarca de Ceará-Mirim (RN), e Luciano de Vasconcelos aliciaram, com o intuito de obter lucro, uma mulher que estava no sexto mês de gestação, para que ela vendesse o filho que estava por nascer ao valor de R$ 800. A gestante, por se encontrar em dificuldades financeiras, concordou com o negócio proposto, estabelecendo-se em Recife, na residência de outra envolvida, já falecida, e ficando sob sua vigilância contínua. Após o nascimento, entretanto, a mãe arrependeu-se do acordo, deixando transparecer sua angústia ao administrador da maternidade onde o bebê nasceu, que denunciou o caso. A criança seria doada a um casal de italianos aliciado pelo advogado LUCIANO RIBEIRO, que já havia promovido processo de adoção em favor dos italianos anteriormente. LUCIANO aproveitava-se da sua profissão para mascarar a prática criminosa, já tendo sido condenado por crime semelhante praticado em 1993 e suspenso preventivamente pela OAB do exercício da advocacia desde 1997. OSCAR DE MEDEIROS, por sua vez, fazia a captação de potenciais mães doadoras de crianças. O caso tramitava na esfera estadual desde 1999, mas, somente em 2008, a Justiça Estadual declinou a competência em favor da Justiça Federal, por se tratar de crime previsto na Convenção Internacional sobre os Direitos da Criança, que cuida, dentre outros assuntos, da transferência ilegal de crianças para o exterior.

Compartilhe   

quinta-feira, 08 de setembro de 2016

pf-pm-apreensao-de-droga-no-sertao-pernambucano-agreste-violentojorgeA Polícia Federal em Salgueiro/PE em ação conjunta com Policiais Militares de Cabrobó (2ª CIPM), vem promovendo ações constantes de apreensão, identificação e consequente erradicação de plantios de maconha no sertão pernambucano com vistas a evitar que traficantes abasteçam o mercado consumidor de toda a região nordeste. Desta vez foi feita a prisão em flagrante de JORGE SOUZA SILVA, casado, 34 anos, segurança, natural de Salvador/BA e residente em Narandiba-Salvador/BA-(não possui antecedentes criminais).

A prisão aconteceu depois que a Polícia Federal recebeu informações de que um suspeito estaria transportando uma certa quantidade de maconha, utilizando um veículo corsa branco, de placas de cor vermelha, saindo da região do assentamento alegre em Orocó/PE com destino à Cabrobó/PE. De posse dessas suspeitas foi solicitado o apoio operacional dos policiais militares que são lotados na 2ª Companhia Independente de Polícia Militar, que fica localizada em Cabrobó/PE, em razão do veículo passar pela área de cobertura e abrangência daquela Companhia.  Diante disso os policiais militares se deslocaram até a BR-428 onde começaram a fazer rondas próximo ao assentamento Jibóia-Cabrobó/PE com vistas a localizar, identificar e realizar uma abordagem objetivando averiguar a veracidade dos fatos.

A ação teve seu desfecho final quando os militares localizaram o veículo e ao solicitar que o condutor parasse, o suspeito jogou o veículo sobre o acostamento e tentou empreender fuga no meio da caatinga, porém, foi logo detido pelos policiais que efetuaram a sua prisão. Ao fazer uma busca no interior da viatura os policiais militares encontraram 08(oito) sacos grandes que estavam cheios de maconha, cujo peso bruto totalizou 108Kg (cento e oito quilos). Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido encontrado a droga o suspeito recebeu voz de prisão em flagrante, foi informado dos seus direitos e garantias constitucionais, e em seguida foi conduzido para a Delegacia de Polícia Federal em Salgueiro/PE onde acabou sendo autuado como incurso no artigo 33 da Lei 11.343/2006 (tráfico de drogas) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão. Após a autuação, o preso foi conduzido para realizar Exame de Corpo de Delito no IML-Instituto de Medicina Legal, em seguida encaminhado para a audiência de custódia em Salgueiro/PE e posteriormente levado até a Cadeia Pública de Salgueiro/PE onde ficará à disposição da Justiça Estadual daquele município.

Em seu interrogatório JORGE informou que veio para Juazeiro/BA para Cabrobó/PE no veículo táxi, corsa branco, de placas JPR-3383-Santo Estevão/BA com o objetivo de transportar uma grande quantidade de maconha no veículo e levar para Feira Santana/BA onde deveria ser entregue para traficantes daquela cidade. Disse ainda que receberia pelo transporte R$ 2 mil reais e que não sabe dizer quem são os traficantes que lhe contrataram porque todo o contato foi feito por telefone celular e que nunca havia tido contato com a pessoa que lhe entregou a maconha em Cabrobó/PE. Assim com essas operações consecutivas a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados do nordeste evitando assim a escalada da violência tais como assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, corrupção policial, porque geralmente tais ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência para a população pernambucana.

Esta já é 17ª apreensão de drogas que a PF realiza em Pernambuco no ano de 2016. Até agora, 22 pessoas (17 homens e 5 mulheres) foram presos e apreendidos 2Kg de pasta base e 2.834Kg de maconha e 3,1Kg de crack, 13Kg de haxixe, 5Kg de fenacetina, 8,9Kg de Cocaína, 3Kg de bicarbonato de sódio e 12Kg de manitol. Em 2015 a PF conseguiu prender 34 (trinta e quatro) pessoas por tráfico de drogas, 862Kg (oitocentos e sessenta e dois quilos) de maconha,156Kg (cento e cinquenta e seis) quilos de pasta base de cocaína, 28Kg (vinte e oito) quilos de crack e 614Kg (seiscentos e quatorze) quilos de cocaína pura;

Em 2016 foram feitas 3 apreensões de drogas (13Kg de haxixe, 4,5Kg de cocaína) no Aeroporto Internacional dos Guararapes-Gilberto Freyre com 3 pessoas presas (2 homens e 1 mulher). Já em 2015 houve apenas uma apreensão de drogas no Aeroporto dos Guararapes-Gilberto Freyre com duas pessoas presas (2 mulheres) com 10,6Kg de cocaína.

Compartilhe