| PORTAL AGRESTE VIOLENTO

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 9.9819-5367
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 9.8144-9320
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

IMG-20131218-WA0008 máquinas caça níquel

Policiais civis da Delegacia de Goiana, em cumprimento a mandado de busca expedido pela Justiça Pública, após representação da autoridade policial, apreenderam nesta quarta-feira (18), onze máquinas caça níquel em uma casa e ainda em um depósito de propriedade de Edson Ferreira Machado Neto, o “Douglas da Padaria”, de 27 anos.

De acordo com as investigações restou comprovado que o Edson comandava um esquema de caça níquel em Goiana há pelo menos 10 anos, já tendo sido apreendidas no decorrer do ano 37 (trinta e sete) máquinas de propriedade do Edson.

O investigado encontra-se em local incerto e não sabido e o caso está sob investigação na Delegacia de Polícia de Goiana.

 

Compartilhe   

quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

Os alimentos eram fornecido por empresas investigadas na “Operação Fastio

Nota a Imprensa 137-2013-(Vistoria-Operacao Fastio)-Foto-08+

A Polícia Federal em Pernambuco, através de Delegacia de Repressão a Crimes Financeiros e Desvios de Recursos Públicos-DELEFIN com apoio da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária-APEVISA/PE procedeu no dia 16 e 17 de dezembro uma vistoria em duas escolas públicas de São Lourenço da Mata/PE (Escola Cleto Campelo e Padre João Collingnon) e num depósito de distribuição de alimentos situado em Vitória de Santo Antão/PE que recebiam alimentos da empresa M.P. Distribuidor de Produtos Alimentícios Ltda., situada em Camaragibe/PE investigada dentro da Operação Fastio deflagrada no dia 13.12.2013.
Nas escolas foram encontrados pacote de produtos flocão de milho com data de validade vencida e que estava sendo utilizado na merenda das duas escolas, colocando em risco a saúde das crianças e adolescentes daquelas instituições de ensino, haja vista que tais alimentos quando ficam impróprios para o consumo humano são usados para ração animal. Os responsáveis pela escola que não sabiam que o prazo de validade dos produtos estavam vencidos em virtude da data ter sido alterada na embalagem pela empresa distribuidora foi informada da irregularidade e todo o material foi retirado das dispensas a fim de que não fossem mais utilizados na merenda escolar. Também foi detectada a existência de qualquer ocorrência na saúde das crianças em virtude da ingestão de tais alimentos. Já no depósito não foi encontrado nenhum lote com flocão de milho com data vencida.

Nota a Imprensa 137-2013-(Vistoria-Operacao Fastio)-Foto-05+Todos os alimentos com data expirada foram arrecadados, passarão por perícia técnica que subsidiarão as investigações decorrentes da “Operação Fastio” no intuito de constituir provas contra os empresários envolvidos.

Nota a Imprensa 137-2013-(Vistoria-Operacao Fastio)-Foto-07-Escola-Padre+A Justiça Federal já determinou que as empresas flagradas no esquema das licitações de merenda escolar: A.S comércio e Representações Ltda. – Imbiribeira-Recife/PE, Alves e Souza Distribuidora de Alimentos – Imbiribeira/PE e W. Gomes B. Souza – Imbiribeira/PE fiquem proibidas, pelo prazo inicial de um ano, de contratar com qualquer órgão da União, Estados ou Municípios e os empresários e sócios das empresas estão proibidos de abrir novas empresas ou emitir procurações para que terceiros os representem e já foram indiciados pela prática de fraudes a licitações (Artigo 90 da Lei 8.666/93), fornecimento de mercadorias com preços arbitrariamente elevados (Artigo 96, I, da Lei 8.666/93), falsidade ideológica (Artigo 299 do Código Penal) e Formação de Quadrilha (Artigo 288 do Código Penal). As penas, somadas, podem chegar a 18 (dezoito anos de prisão).

Dentre os alvos das investigações estão as Prefeituras de São Lourenço da Mata/PE, Vitória de Santo Antão/PE, Ipojuca/PE e Salgadinho/PE, além de empresas e escritórios de contabilidade. Toda a documentação arrecadada está sendo analisada pela perícia da PF e pela CGU.

Compartilhe   

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

Um preso foi encontrado morto, na manhã desta quarta-feira, dentro da carceragem da Delegacia de Boa Viagem, zona sul do Recife. De acordo com as primeiras informações, a vítima teria sido identificada como Cristiano Araújo Gomes.

Segundo o delegado Joedilson Teixeira, Cristiano foi detido na noite da terça-feira depois de se negar a pagar uma conta de R$4,00 em um bar. Levado à delegacia, ele teria assinado a um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO) e teria sido encaminhado à cela para passar a noite, uma vez que estaria bastante alterado. Na manhã de hoje, o homem teria sido encontrado morto enforcado com uma camisa. O delegado acredita que o detento tenha cometido suicídio.

Com informações do Diário de Pernambuco – www.diariodepernambuco.com.br

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

RECEBIMENTOS INUSITADOS:

Nota a Imprensa 134-2013-(Recebimento de Aresenal de Guerra)-Foto-03

Dentre os recebimentos mais inusitados de armas através da campanha do desarmamento que vão desde metralhadoras, fuzis antigos utilizados pelo exército brasileiro, armas de fabricação caseira (que não são indenizáveis) e armas de uso restrito das polícias e do exército de calibre proibido, está o recebimento pela terceira vez (a primeira foi no dia 29.11.2013, entregue por uma mulher, a segunda foi dia 14.12.2013) de 01 (uma) granada de morteiro 82mm, 02 (duas) granadas de bocal de uso exclusivo do Exército Brasileiro – que pode ser lançada através de um fuzil calibre 7.62mm além de 10 (dez) munições de alto poder de penetração sendo capaz de perfurar tanques e aeronaves, os quais foram entregues na PF hoje, segunda-feira, 16.12.2013 por uma pessoa do sexo masculino (sua identificação será mantida em sigilo dentro da política estabelecida na campanha do desarmamento que protege tais pessoas assegurando-lhes o anonimato), informando que tal artefato estava em sua residência já fazia muito tempo deixado por um parente falecido que era armeiro do exército.

As granadas uma delas está aparentemente inerte porque lhe falta o dispositivo de detonação na ponta, porém as duas que podem ser disparadas de fuzis estão sob análise em virtude de haver a possibilidade de mesmo antiga conter em seu interior substância explosiva que em contato com faíscas ou calor poderia provocar sua detonação.  As granadas serão analisada por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da PF para análise de sua letalidade e em seguida será enviada para o exército afim de que seja providenciada a sua respectiva destruição. A granada por ser munição não gera nenhum tipo de indenização ela apenas é recebida e a pessoa tem direito a um comprovante de entrega.

A Polícia Federal em Pernambuco informa que após 850 dias de campanha do desarmamento compreendidos entre os dias 14.05.2011 até 24.11.2013, já totaliza 6.010 armas e 12.010 munições, o que corresponde a 7 armas entregues por dia e 49 armas a cada semana e 196 por mês. As armas e calibres de munições mais entregues em Pernambuco são 1º revólveres, 2º espingardas e 3º pistolas, já as munições são as de calibre. 38. Desde a divulgação do último balanço que aconteceu em 15.10.2013 houve um aumento na arrecadação de armas recebidas por dia As principais razões que estimulam o desarmamento com a consequente entrega voluntária de armas são o anonimato e a rapidez no pagamento da indenização que é efetuado em até 24 horas.  Em todos os casos será sempre preservado o anonimato das pessoas que realizarem a entrega de armas e munições e nenhum questionamento será feito a quem estiver entregando. Há casos, porém em que o anonimato não interessa ao cidadão, como ocorre com os possuidores e proprietários de armas adquiridas legalmente e que manifestam o desejo de baixar tal registro do SINARM-Sistema Nacional de Armas.

 NÚMEROS DE ARMAS E MUNIÇÕES ENTREGUES EM TODO O ESTADO:

PF-Recife

PF-Caruaru

PRF

PM

PF-Salgueiro

Posto Itinerante

Total de Armas:

Total de Munições:

3.005

447

435

1.021

725

377

6.010

12.010

Desde o dia 12.12.2011 além dos Postos da Polícia Federal em Recife, Caruaru e Salgueiro e da Polícia Rodoviária Federal que fica localizada no bairro do Pina-PE, também passaram a receber armas 22 (vinte e dois) postos Polícia Militar (15 Batalhões e 07 Companhias) numa parceria firmada entre a PF e a SDS-PE, facilitando assim o acesso das pessoas para entrega de armas, principalmente no agreste e sertão, evitando grandes deslocamentos para a capital; A população brasileira já entregou voluntariamente 600 mil armas, existem 2.105 postos de entrega em todo o Brasil e já foram pagos mais de R$ 9,6 milhões em indenizações. O Estado de São Paulo é quem lidera o ranking nacional de entrega de armas, seguido da Bahia, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, Pernambuco aparece na 5ª colocação. Agora se somarmos as armas entregues por população de 100 mil habitantes Pernambuco aparece na 3ª colocação, atrás do Rio Grande do Sul e da Bahia.

Quem quiser entregar uma arma deve primeiro acessar o site www.entreguesuaarma.gov.br ou www.pf.gov.br e preencher uma guia de trânsito que tem validade de 01(um) dia e acondicioná-la de forma discreta e desmuniciada (sem munição) de forma a não caracterizar o seu pronto uso e, caso, a pessoa seja parada por uma blitz policial estará acobertada de qualquer apreensão ou prisão, caso contrário, a guia de trânsito não terá valor nenhum, ficando o infrator sujeito as penas da lei. Após a conclusão do procedimento de entrega nos casos em que a arma seja indenizada, será solicitado ao responsável o cadastro de uma senha numérica de 04 (quatro) dígitos que será confeccionada apenas pelo próprio requerente sem a ajuda de terceiros.  Após concluir o procedimento de entrega, e de posse do protocolo e da senha o cidadão, já no dia seguinte(24horas) poderá receber o valor da indenização em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil. Além das armas de fogo também serão recebidas munições armas de brinquedo, simulacros, armas artesanais ou de fabricação caseira, porém sem o pagamento de indenização. As armas arrecadadas na campanha são enviadas para o exército afim de que seja procedida a sua consequente destruição.

Compartilhe   

domingo, 15 de dezembro de 2013

Nota a Imprensa 133-2013-(Recebimento de Granada)-Foto-02+

Dentre os recebimentos mais inusitados de armas através da campanha do desarmamento que vão desde metralhadoras, fuzis antigos utilizados pelo exército brasileiro, armas de fabricação caseira (que não são indenizáveis) e armas de uso restrito das polícias e do exército de calibre proibido, está o recebimento pela segunda vez (a primeira foi no dia 29.11.2013, entregue por uma mulher) de uma granada de morteiro 82mm, entregue na PF ontem, sábado, 15.12.2013 por uma pessoa do sexo masculino (sua identificação será mantida em sigilo dentro da política estabelecida na campanha do desarmamento que protege tais pessoas assegurando-lhes o anonimato), informando que tal artefato estava em sua residência já fazia muito tempo como decoração de sua sala.

Nota a Imprensa 133-2013-(Recebimento de Granada)-Foto-05+A granada possivelmente de fabricação soviética muito utilizada pelo PAIGC – Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde, em tese está inerte porque lhe falta o dispositivo de detonação na ponta, porém não a torna menos perigosa em virtude de haver a possibilidade de mesmo antiga conter em seu interior substância explosiva que em contato com faíscas ou calor poderia provocar sua detonação.  A granada será analisada por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da PF para análise de sua letalidade e em seguida será enviada para o exército afim de que seja providenciada a sua respectiva destruição. A granada por ser munição não gera nenhum tipo de indenização ela apenas é recebida e a pessoa tem direito a um comprovante de entrega.

A Polícia Federal em Pernambuco informa que após 850 dias de campanha do desarmamento compreendidos entre os dias 14.05.2011 até 24.11.2013, já totaliza 6.010 armas e 12.010 munições, o que corresponde a 7 armas entregues por dia e 49 armas a cada semana e 196 por mês. As armas e calibres de munições mais entregues em Pernambuco são 1º revólveres, 2º espingardas e 3º pistolas, já as munições são as de calibre. 38. Desde a divulgação do último balanço que aconteceu em 15.10.2013 houve um aumento na arrecadação de armas recebidas por dia As principais razões que estimulam o desarmamento com a consequente entrega voluntária de armas são o anonimato e a rapidez no pagamento da indenização que é efetuado em até 24 horas.  Em todos os casos será sempre preservado o anonimato das pessoas que realizarem a entrega de armas e munições e nenhum questionamento será feito a quem estiver entregando. Há casos, porém em que o anonimato não interessa ao cidadão, como ocorre com os possuidores e proprietários de armas adquiridas legalmente e que manifestam o desejo de baixar tal registro do SINARM-Sistema Nacional de Armas.

NÚMEROS DE ARMAS E MUNIÇÕES ENTREGUES EM TODO O ESTADO:

PF-Recife

PF-Caruaru

PRF

PM

PF-Salgueiro

Posto Itinerante

Total de Armas:

Total de Munições:

3.005

447

435

1.021

725

377

6.010

12.010

Desde o dia 12.12.2011 além dos Postos da Polícia Federal em Recife, Caruaru e Salgueiro e da Polícia Rodoviária Federal que fica localizada no bairro do Pina-PE, também passaram a receber armas 22 (vinte e dois) postos Polícia Militar (15 Batalhões e 07 Companhias) numa parceria firmada entre a PF e a SDS-PE, facilitando assim o acesso das pessoas para entrega de armas, principalmente no agreste e sertão, evitando grandes deslocamentos para a capital; A população brasileira já entregou voluntariamente 600 mil armas, existem 2.105 postos de entrega em todo o Brasil e já foram pagos mais de R$ 9,6 milhões em indenizações. O Estado de São Paulo é quem lidera o ranking nacional de entrega de armas, seguido da Bahia, Rio Grande do Sul e Minas Gerais, Pernambuco aparece na 5ª colocação. Agora se somarmos as armas entregues por população de 100 mil habitantes Pernambuco aparece na 3ª colocação, atrás do Rio Grande do Sul e da Bahia.

Quem quiser entregar uma arma deve primeiro acessar o site www.entreguesuaarma.gov.br ou www.pf.gov.br e preencher uma guia de trânsito que tem validade de 01(um) dia e acondicioná-la de forma discreta e desmuniciada (sem munição) de forma a não caracterizar o seu pronto uso e, caso, a pessoa seja parada por uma blitz policial estará acobertada de qualquer apreensão ou prisão, caso contrário, a guia de trânsito não terá valor nenhum, ficando o infrator sujeito as penas da lei. Após a conclusão do procedimento de entrega nos casos em que a arma seja indenizada, será solicitado ao responsável o cadastro de uma senha numérica de 04 (quatro) dígitos que será confeccionada apenas pelo próprio requerente sem a ajuda de terceiros.

Não existe a menor possibilidade de recuperação da senha ou cadastrar uma nova no caso de esquecimento, razão pela qual a senha deve ser de fácil memorização e anotada em local seguro. Após concluir o procedimento de entrega, e de posse do protocolo e da senha o cidadão, já no dia seguinte(24horas) poderá receber o valor da indenização em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil. Além das armas de fogo também serão recebidas munições armas de brinquedo, simulacros, armas artesanais ou de fabricação caseira, porém sem o pagamento de indenização. As armas arrecadadas na campanha são enviadas para o exército afim de que seja procedida a sua consequente destruição.

Compartilhe   

sábado, 14 de dezembro de 2013

Nota a Imprensa 132-2013-(Argentino-Ilegal)-Foto-02 Nota a Imprensa 132-2013-(Argentino-Ilegal)-Foto-01

Policias Militares lotadosno 1º Batalhão de Polícia Militar em Olinda/PEdetiveram na noite de ontem dia 13/12/2013, por volta das 17h, JORGE ALBERTO LINCOLN, artesão, 57 anos, casado, natural de Buenos Aires/Argentina e residente em Ponte dos Carvalhos/PE – (possui antecedentes criminais – já foi preso nos anos de 1987 e 1988 por posse e uso de substância entorpecentes (maconha). A detenção aconteceu quando policiais militares em abordagem de rotina no Bairro de Casa Caiada-Olinda ao desconfiar do estrangeiro procederam uma busca e vistoria minuciosa em seus documentos e perceberam através de análise em seu passaporte que se tratava de um estrangeiro em situação irregular no país. De posse dessas informações o argentino foi levado até a Delegacia de Polícia Civil de Casa Caiada/PE pelo militares onde após formalização de entrega tanto dos seus pertences como de seu passaporte foi entregue através de ofício a Polícia Federal para as providencias julgadas cabíveis. O estrangeiro foi levado pelos federais para a Delegacia de Imigração da PF que fica localizada no Aeroporto dos Guararapes onde após consulta no sistema de tráfego internacional ficou constatado que JORGE havia requerido o registro provisório em 03/12/1998 porém, tal registro venceu no dia 03/12/2000, não tendo sido renovado desde então, motivo pela qual passou a ser considerado ilegal no país na condição de estrangeiro irregular. Por se tratar de um procedimento administrativo o argentino foi notificado a deixar o país em 10 (dez) dias e em seguida liberado após as formalidades legais, caso ele não cumpra a notificação e seja preso novamente ele poderá cumprir prisão administrativa no COTEL até que o processo de deportação seja concluído.

Compartilhe   

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013

Nota à Imprensa 131-2013-(Operação Fastio)-Foto-03+ Nota à Imprensa 131-2013-(Operação Fastio)-Foto-04+

A Polícia Federal em Pernambuco, em conjunto com a Controladoria Geral da União, realiza hoje ação de repressão a Crimes contra a Administração Pública denominada “Operação Fastio” . Cerca de 100 (cem) policiais e analistas da CGU encontram-se cumprindo 14 (quatorze) ordens judiciais de Busca e Apreensão e 07 (sete) Condução Coercitiva de pessoas à Sede da PF.

As investigações realizadas indicam envolvimento de empresários em fraudes em licitações para fornecimento de alimentos a prefeituras e outros órgãos públicos para programas de alimentação escolar. Em alguns casos, há indícios também do envolvimento de servidores públicos na prática dos crimes.

Nota à Imprensa 131-2013-(Operação Fastio)-Foto-05+Através de troca de informações com o Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco foi apurada a participação conjunta em licitações de empresas cujos sócios são parentes próximos (irmãos, pais e filhos, etc.), e ainda prática superfaturamento no preço das mercadorias fornecidas a várias prefeituras.

A PF apurou ainda fornecimento de mercadorias por empresa diferente da contratada por uma prefeitura, e utilização de empresas em nomes de interpostas pessoas, conhecidas popularmente como “laranjas”. Também há suspeitas de fraudes em licitação realizada para contratação de serviço de transporte escolar.

Nota à Imprensa 131-2013-(Operação Fastio)-Foto-02+ Nota à Imprensa 131-2013-(Operação Fastio)-Foto-06+

A Justiça Federal determinou que empresas envolvidas no esquema das licitações de merenda escolar fiquem proibidas, pelo prazo inicial de um ano, de contratar com qualquer órgão da União, Estados ou Municípios. Os empresários envolvidos ficarão proibidos também de abrir novas empresas ou emitir procurações para que terceiros os representem. Dentre os alvos de buscas estão as Prefeituras de São Lourenço da Mata/PE, Vitória de Santo Antão/PE, Ipojuca/PE e Salgadinho/PE, além de empresas e escritórios de contabilidade. A documentação arrecadada será analisada pela perícia da PF e pela CGU.

Os conduzidos serão ouvidos e, uma vez verificada a participação no esquema criminoso, indiciados pela prática de crimes como fraudes a licitações (Artigo 90 da Lei 8.666/93), fornecimento de mercadorias com preços arbitrariamente elevados (Artigo 96, I, da Lei 8.666/93), falsidade ideológica (Artigo 299 do Código Penal) e Formação de Quadrilha (Artigo 288 do Código Penal). As penas, somadas, podem chegar a 18 (dezoito anos de prisão). Coletiva de imprensa será concedida hoje as 14h, na sede da polícia federal onde todos os órgãos envolvidos trarão maiores detalhes da operação.

Compartilhe   

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Nota a Imprensa 130-2013-(Romeno Encontrado Morto em Navio)-Foto-01+Policiais Federais lotados na Delegacia de Polícia Marítma-DEPOM, começaram a investigar as causas da morte do estrangeiro DOREL IFTODI, romeno, 54 anos, casado, comandante de embarcação, cujo corpo foi encontrado inconsciente dentro de seu quarto, sob a cama, no dia de ontem, terça-feira, 10/12/2013, por volta das 10h.

O navio de nome SERENITY I, é de bandeira Ilhas Mashall, possui 22 tripulantes e veio procedente do porto de San Nicholas/Argentina com destino ao Porto de Rotterdam/Holanda visando descarregar 40 toneladas de minério de ferro. Após os procedimentos de saúde pública realizada pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e da fiscalização e análise pela Capitania dos Portos/PE, policiais federais compostos por um delegado, dois Peritos e um Papiloscopista além de quatro integrantes do corpo de bombeiros foram levados pela lancha de praticagem do Porto de Recife/PE para dentro da embarcação afim de que fossem realizados os primeiros procedimentos investigativos e perícias de local de crime, afim de colher indícios que possam subsidiar as investigações que estão em andamento

Nota a Imprensa 130-2013-(Romeno Encontrado Morto em Navio)-Foto-14+Ao chegar no local os federais encontraram o corpo do comandante deitado sobre a cama já sem vida e em depoimento alguns tripulantes informaram que o comandante havia se sentido mal por diversas vezes a bordo da embarcação, informando aos tripulantes que iria para seu quarto para descansar um pouco e como ele estava demorando muito para levantar-se alguns trabalhadores do navio resolveram ir até o seu camarote e lá chegando encontraram-no inconsciente. O curso do navio foi desviado entrando em águas brasileiras ficando fundeado a uma certa distância do Porto de Recife/PE, tendo sido enviada uma mensagem solicitando urgentemente a presença de um médico a bordo da embarcação.

Nota a Imprensa 130-2013-(Romeno Encontrado Morto em Navio)-Foto-10+Um médico da capitania dos portos foi enviado para prestar socorro ao paciente romeno, porém ao chegar no local ficou constatado que o comandante já havia falecido. Inquérito policial foi instaurado para apurar as causas da morte do estrangeiro e vários tripulantes foram ouvidos e apresentaram a mesma versão sobre o mal súbito e queixas de estar passando mal por parte do romeno. O corpo de bombeiros concluiu os trabalhos à bordo da embarcação providenciando a retirada do corpo de dentro do navio para o carro do IML-Instituto de Medicina Legal.

Nota a Imprensa 130-2013-(Romeno Encontrado Morto em Navio)-Foto-04+Após o término dos trabalhos investigativos iniciais o corpo foi levado para o IML-Instituto Médico Legal para fins de feitura do Laudo Tanatoscópico no intuito de que seja indicada qual foi o verdadeiro motivo da morte do comandante romeno e, caso seja constatada a morte provocada por infarto, derrame ou por outro tipo de morte natural a investigação se dará por concluída.

Compartilhe   

segunda-feira, 09 de dezembro de 2013

IMG-20131209-WA0000
Policiais civis da Delegacia de Goiana, na manhã desta segunda-feira (09) prenderam em flagrante delito cinco pessoas acusadas de comercializar mídias piratas, na feira do abacaxi, em Goiana – PE. Foram presos: Sandoval Costa, 25 anos, Luciene Ferreira, 37, Aristides Oliveira, 30, Veridiano Firmino, 19 e João Henrique, de 20 anos de idade, todos residentes em Goiana e com eles foram apreendidas aproximadamente 10.000 mídias falsificadas.
Após a lavratura do flagrante delito, todos foram colocados em liberdade provisória, mediante pagamento de fiança e em seus interrogatórios informaram que adquiriram as mídias piratas no Shopping Terceirão, na cidade de João Pessoa – PB.
Compartilhe   

segunda-feira, 09 de dezembro de 2013

Ação da PF foi dentro da operação “Dealers”, deflagrada no Estado da Paraíba.

Nota a Imprensa 128-2013-(Resultado da Operacao Dealers em PE)-Foto-02 Nota a Imprensa 128-2013-(Resultado da Operacao Dealers em PE)-Foto-03

Operação da Polícia Federal e da Receita Federal do Brasil deflagraram no dia 06.12.2013, a “Operação Dealers”, com o objetivo de combater esquema de importação fraudulenta de veículos e embarcações de luxo que causou um prejuízo aos cofres públicos que pode ultrapassar R$ 20 milhões de reais. As investigações duraram cerca de (02) dois anos e apuraram indícios da prática de diversos crimes, tais como: sonegação fiscal, contrabando e descaminho, evasão de divisas, falsidade ideológica, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, após identificação de grande quantidade de veículos de luxo importados, transitando na cidade de João Pessoa/PB. Muitos destes veículos estavam registrados em nome de pessoas com renda incompatível com a propriedade dos automóveis.

Nota a Imprensa 128-2013-(Resultado da Operacao Dealers em PE)-Foto-01As ações ocorreram simultaneamente nos estados de Pernambuco e da Paraíba onde foram cumpridos 04 (quatro) mandados de condução coercitiva e 12 (doze) mandados de busca e apreensão nas residências dos investigados e nas empresas envolvidas na fraude. Verificou-se que o grupo investigado se valia de uma empresa no exterior, em nome de brasileiros, com o objetivo de adquirir veículos e embarcações e enviá-los para o Brasil com preços subfaturados.

Os veículos muitas vezes eram adquiridos no exterior em desacordo com a legislação vigente, descaracterizando a condição de veículo novo o que tornaria sua importação proibida, configurando crime de contrabando. No mercado interno os veículos e embarcações eram faturados em nome de pessoas com baixo poder aquisitivo ou para empresas que agiam em conluio com o importador, subfaturando o valor da transação com o intuito de reduzir os tributos incidentes sobre o faturamento.

O nome da operação faz referência aos revendedores autorizados de veículos no exterior, chamados “Dealers”. Participaram da operação 25 servidores da Receita Federal do Brasil e cerca de 50 policiais federais. Em Recife/PE foram cumpridos 09 (nove) mandados de busca e apreensão na residência e em estabelecimentos comerciais dos suspeitos que atuam no ramo de automóveis e embarcações de luxo e 03 (três) mandados de condução coercitiva (aquele em que a pessoa é obrigado a comparecer na polícia) em desfavor de 02 (dois) advogados e 01 (um) empresário residentes nos bairros de Boa Viagem/PE e Santo Amaro/PE.

Os conduzidos foram autuados pela prática de associação criminosa, contrabando, falsidade ideológica, e evasão de divisas e caso sejam condenados poderão pegar penas que somadas ultrapassam os 15 anos de reclusão, após fazerem exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal, foram liberados e responderão ao processo em liberdade. Também foram apreendidos vasta documentação fiscal, 02 (duas) Motos 1000 cilindradas, 02 (dois) Jet´s Skis, 07(sete) notebooks, R$ 9.680,00 (nove mil e seiscentos e oitenta) reais, U$ 3.315,00 (três mil trezentos e quinze) reais, € 2.700,00 (dois mil e setecentos) euros, além de vários talões de cheques.

Todo o material foi enviado para a Superintendência da Polícia Federal na Paraíba, onde após passar por perícia técnica irão subsidiar as investigações que estão em andamento.

Compartilhe