| PORTAL AGRESTE VIOLENTO

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 9.9819-5367
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 9.8144-9320
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

domingo, 16 de março de 2014

Esta é a 11ª doação de Granada de Morteiro e Pernambuco pula do 5º para 2º lugar no Ranking nacional de recebimento de armas de fogo em números absolutos.

Campanha do Desarmamento

Dentre os recebimentos mais inusitados de armas através da campanha do desarmamento que vão desde metralhadoras, fuzis antigos utilizados pelo exército brasileiro, armas de fabricação caseira (que não são indenizáveis) e armas de uso restrito das polícias e do exército de calibre proibido, está o recebimento pela décima primeira vez (a primeira foi no dia 29.11.2013, a segunda foi dia 14.12.2013, a terceira em 15.12.2013, a quarta em 1º.01.2014, a quinta em 11.01.2014, a sexta 17.01.2014, a sétima em 18.01.2014, a oitava no dia 25.01.2014 e a nona no dia 26.01.2014, a décima no dia 10.03.2014) de 01(uma) granada de morteiro utilizado pelas forças armadas.
Tal artefato foi entregue, hoje, domingo dia 16.03.2014 por uma pessoa do sexo masculino que preferiu não ser identificado, nem dar detalhes sobre a entrega, apenas informando que por ter visto a reportagem na televisão sobre o perigo que estava passando e risco de grande explosão, resolveu entregá-lo para livrar-se de tal ameaça. As identificações das pessoas serão mantidas em sigilo dentro da política estabelecida na campanha do desarmamento que protege tais pessoas assegurando-lhes o anonimato.

Os artefatos mesmo antigos podem conter em seu interior substância explosiva que em contato com faísca de fogo, superaquecimento através do calor exagerado ou impacto provocado por queda, podem provocar sua detonação. Todos os artefatos e ogiva serão analisados por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da PF para análise de sua letalidade e em seguida será enviada para o Exército afim de que seja providenciada a sua respectiva destruição.
Até agora todas as granadas entregues na Polícia Federal possuíam substância explosiva em seu interior o que poderia ter provocado uma explosão de grande proporção. A granada por ser munição não gera nenhum tipo de indenização ela apenas é recebida e a pessoa tem direito a um comprovante de entrega.

O Exército Brasileiro –  7ª Região Militar através do Setor de Fiscalização de Produtos Controlados é o órgão competente para viabilizar o transporte de uma forma segura desse tipo de artefato explosivo, quem tiver tais granadas devem ligar para o número 2129-6295 a fim de que seja agendada uma visita dos militares até o local para retirada do objeto explosivo.

PERNAMBUCO PULA DO 5º PARA 2º LUGAR NO RANKING NACIONAL DE RECEBIMENTO DE ARMAS DE FOGO EM 2014

A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista o advento da Nova Campanha do Desarmamento e que incentiva a entrega voluntária de armas com indenizações que variam de R$ 150 a R$ 450 dependendo do calibre e do tipo informa que após 955 dias de campanha do desarmamento compreendidos entre os dias 14.05.2011 até 09.03.2014, já totaliza 6.759 armas e 13.010 munições, o que corresponde a 7 armas entregues por dia e 49 por semana e 196 por mês. Já as munições totalizam 14 entregues por dia. Porém se dividirmos as 655 armas arrecadadas no ano de 2014 pelos 59 dias compreendidos entre os meses de janeiro e fevereiro esse número sobre para 11 armas entregues por dia.
As armas e calibres de munições mais entregues em Pernambuco são 1º revólveres, 2º espingardas e 3º pistolas, já as munições são as de calibre. 38. Desde a divulgação do último balanço que aconteceu em 31.12.2013 houve uma estabilidade na arrecadação de armas recebidas por dia As principais razões que estimulam o desarmamento com a consequente entrega voluntária de armas são o anonimato e a rapidez no pagamento da indenização que é efetuado em até 48 horas.  Em todos os casos será sempre preservado o anonimato das pessoas que realizarem a entrega de armas e munições e nenhum questionamento será feito a quem estiver entregando. Há casos, porém em que o anonimato não interessa ao cidadão, como ocorre com os possuidores e proprietários de armas adquiridas legalmente e que manifestam o desejo de baixar tal registro do SINARM-Sistema Nacional de Armas.

Compartilhe   

domingo, 16 de março de 2014

Nota a Imprensa 039-2014-(Apreensao 740g-Cocaina)-Foto-13A Polícia Federal em Pernambuco através da Delegacia de Repressão a Entorpecentes-(DRE) conseguiu prender na noite de ontem, sexta-feira, dia 14/03/2014, por volta das 21h, MOAB BEZERRA DE MELO FILHO, 31 anos, técnico em radiologia, solteiro, natural de Recife/PE e residente em Casa Amarela/PE- (possui antecedentes criminais – já foi preso em novembro de 2010 por tráfico de drogas quando estava com 400g de crack e atualmente estava cumprindo pela alternativa num hospital na Tamarineira/PE onde ganhava R$ 900 reais por mês).
A prisão aconteceu em virtude de investigações de 20 (vinte) dias realizadas pela Delegacia de Repressão a Entorpecentes-(DRE), as quais davam conta de que MOAB mesmo em regime de liberdade condicional (que limita sua circulação nos finais de semana, no período noturno e de frequentar locais onde são vendidas bebidas alcoólicas – fato este que não estava sendo cumprido) ainda estaria vendendo e traficando drogas.

Nota a Imprensa 039-2014-(Apreensao 740g-Cocaina)-Foto-01-Moab

Nota a Imprensa 039-2014-(Apreensao 740g-Cocaina)-Foto-07

De posse dessas informações e tendo tomado conhecimento de que ele estaria para repassar e vender mais uma certa quantidade de cocaína pura para um usuário num posto que fica localizado bairro do Varadouro em Olinda/PE foi montada duas equipes de policias federais, os quais se dirigiram até o local onde se daria a venda do material entorpecente com vista a averiguar a veracidade das informações, apreender a droga e efetuar a prisão dos possíveis suspeitos.
A ação teve seu desfecho final quando os federais ao chegar no local perceberam a chegada do suspeito numa moto honda de cor branca e placas KII-0628-Olinda/PE e de uma outra pessoa num veículo (usuário de droga) e quando se encontraram, sendo realizada a compra e posterior repasse da droga foi feita uma abordagem policial e ambos foram detidos. Na sequência MOAB colaborou com os policiais e franqueou o acesso a sua residência para que fosse realizada uma busca no interior do imóvel onde foram encontrados e apreendidos 740g (setecentos e quarenta) gramas de cocaína pura, além de 3 balanças de precisão, vários sacos plásticos para embalagem da cocaína, R$ 3.332 (três mil trezentos e trinta e dois) reais e um veículo Ford Eco Sport de cor preta e placas PFB 0885 de Recife/PE.
Após a descoberta da droga e terminado os trabalhos investigativos os suspeitos foram receberam voz de prisão em flagrante foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida levados para a Superintendência Regional da Polícia Federal que fica localizada no Cais do Apolo-Recife/PE, para que fossem adotados os procedimentos de polícia judiciária, onde MOAB acabou sendo autuado por tráfico de drogas (artigo 33 e 40 inciso III da Lei 11.343/06) e caso seja condenado poderá pegar penas que variam de 5 a 15 anos de reclusão, em seguida levado para fazer exame de corpo de delito no IML e encaminhado para o COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna onde ficará à disposição da Justiça. Já o usuário (que não terá seu nome divulgado) foi ouvido e liberado em seguida haja vista que ficou comprovado não ter participação alguma com tráfico de drogas.

Em seus interrogatório o preso informou vendia 1,5(um grama e meio) de cocaína pelo valor de R$ 100 (cem) reais para diversos usuários de classe média e alta de vários bairros nobres de Recife/PE e que havia comprado antes do carnaval cerca de 1Kg (um) quilo de cocaína tendo pagado a importância de R$ 30.000 (trinta mil) reais de uma pessoa que reside em São Paulo/SP. Disse ainda que a quantia encontrada em seu poder de R$ 3.332 (três mil trezentos e trinta e dois) reais era fruto de venda da cocaína de apenas um dia.

Esta é a 5ª apreensão de drogas feita pela PF no ano de 2014 até a presente data já foi tirado de circulação 58,5Kg de pasta base de cocaína e 79kg de maconha e 4,4Kg de cocaína tendo sido presas 5 pessoas por envolvimento com o tráfico de drogas; Tais operações consecutivas que a Polícia Federal vem desenvolvendo no estado contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de drogas em Pernambuco, evitando assim a escalada da violência tais como assaltos, furtos, homicídios, assassinatos, acertos de contas, corrupção policial, porque geralmente tais ocorrências giram em torno do tráfico de drogas. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de violência.

Compartilhe   

sábado, 15 de março de 2014

Acusado de quatro assassinatos e estelionato, Josué de Souza Barbosa, de 36 anos, foi preso, na manhã desta sexta-feira (14), por uma equipe da Delegacia do Janga, em Paulista, onde estava escondido.

Segundo investigações, o primeiro homicídio ocorreu em 2002, quando era agente da Polícia Civil, sendo expulso da corporação. Em 2010, em Juazeiro, envolveu-se em um triplo homicídio. E, ainda, prestava concursos com documentação falsificada. O acusado possui vasta ficha criminal em vários estados como São Paulo e Ceará.

Com ele, foram apreendidos vários documentos e munições portadas ilegalmente. Josué será encaminhado ao Centro de Triagem (Cotel), em Abreu e Lima, onde aguardará decisão do Juízo Criminal.

Compartilhe   

sexta-feira, 14 de março de 2014

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos, assinou nesta quinta-feira dois atos relacionados à segurança pública. Um deles trata do Projeto de Emenda Constitucional, que altera o artigo 103 da Constituição Estadual: na prática, transformará a carreira de delegado de Polícia Civil em jurista.

O segundo, e mais esperado por uma legião de 12 mil pessoas, autoriza a convocação de 1.000 aprovados no último concurso da Polícia Militar, realizado em 2009, para recompletar o efetivo.

As assinaturas ocorreram na abertura da reunião do Comitê Gestor do Pacto pela Vida, que aconteceu na sede da Secretaria de Planejamento e Gestão do Estado. O governador agradeceu o empenho das equipes que trabalham no Pacto e parabenizou pelos resultados já alcançados. Ressaltou, ainda, benefícios das medidas para a segurança do estado. “O recompletamento do efetivo será direcionado às áreas de maior desafio do ano no Pacto pela Vida”, destacou Campos.

O chefe de Polícia Civil, Oswaldo Morais, comemorou a ação, que atende a um pleito antigo da categoria. “Isso não é só importante para os delegados, mas também para a sociedade. A sociedade vai ter um profissional motivado e qualificado”,  diz Morais.

Já os mil aprovados no último concurso da PM serão submetidos a segunda etapa do concurso, e, em seguida, ao curso de formação para serem nomeados. “Esses policiais que serão contratados vão repor os que estão saindo. Vamos procurar reforçar as áreas mais problemáticas, em termos de resultados, do Pacto pela Vida, para que possamos priorizar a distribuição desse efetivo para essas áreas”, afirma o comandante geral da Polícia Militar, Carlos Pereira.

blogs.diariodepernambuco.com.br

Com informações da assessoria do governo do estado

Compartilhe   

quarta-feira, 12 de março de 2014

PolicialProtestos serão no aeroporto do Recife

Depois de um dia de mobilizações na sede da Superintendência Regional no Bairro do Recife, os policiais federais de Pernambuco que aderiram à paralisação parcial de 72 horas – dias 11, 12 e 13 -, vão mudar de cenário. Nesta quarta-feira o palco principal dos protestos será o Aeroporto Internacional do Recife, onde os grevistas farão caminhada e panfletaço nos setores de embarque e desembarque, a partir das 10h.

Enquanto na última paralisação nos dias 25 e 26 de fevereiro, os policiais enxugaram gelo, dessa vez cada manifestante vai usar nariz de palhaço como adereço, numa alusão ao tratamento que vem recebendo do Governo Federal. “Tanta mobilização sem nenhum resultado, está ficando cansativo”, desabafa Marcelo Pires, presidente do SINPEFPE. De acordo com o calendário nacional estabelecido pela FENAPEF – Federação Nacional dos Policiais Federais e aprovado por unanimidade pela categoria em Pernambucano, a greve desta semana encerra o ciclo de paralisações por advertência (as duas primeiras foram de 24h e 48h nos dia 11 e 25/26 consecutivamente, e a terceira de 72h desta terça até a quinta-feira). “Se o governo não acenar com uma resposta positiva, teremos que tomar uma atitude definitiva”, enfatiza Marcelo, referindo-se a possibilidade de uma greve por tempo indeterminado.

O primeiro dos três dias de mobilização foi marcado por protestos. No final da manhã os grevistas saíram em caminhada pelo Bairro do Recife, fizeram panfletaço no cruzamento das avenidas Martin Luther King e Rio Branco, exibiram faixas e chamaram a atenção da população com batuque de alfaias. O objetivo foi sensibilizar a população sobre a crise instalada nos bastidores da PF no Brasil, que se encontra sucateada, com reduzido quadro de efetivos, estrutura de trabalho precária, carência de investimentos e congelamento de salários. Os policiais conversaram e entregaram folders aos motoristas, que demonstraram total solidariedade e apoio ao movimento.

À tarde os grevistas permaneceram concentrados na Superintendência, onde discutiram sobre os rumos do movimento e acertaram detalhes a respeito da mobilização marcada para esta quarta-feira (12) no Aeroporto Internacional do Recife, onde a partir das 09h os policiais federais farão passeata e panfletaço.

Patrícia Braga da Carvalheira
Assessora de Imprensa.

Compartilhe   

segunda-feira, 10 de março de 2014

Agentes, escrivães e papiloscopistas vão novamente paralisar suas atividades nos dias 11, 12 e 13 de março (amanhã, quarta e quinta-feira). Os policiais federais pernambucanos mais uma vez estarão concentrados, a partir das 09h, na Superintendência Regional no Cais do Apolo onde farão panfletaço. No interior do estado a mobilização será em frente às delegacias da PF em Caruaru e Salgueiro.

A greve destes três dias faz parte do calendário progressivo de paralisações da categoria, que iniciou com um dia em 11/02, dois dias em 25 e 26/02 e nesta semana, com três dias de greve. O principal objetivo do movimento é denunciar à sociedade que o Governo Federal está sucateando a Polícia Federal que vem sofrendo redução na sua estrutura de trabalho e desvalorização de seus servidores policiais, que reflete no serviço prestado à população, uma vez que o número de prisões e indiciamentos, especialmente nos crimes de colarinho branco, vem reduzindo drasticamente a cada ano.

A categoria amarga o maior congelamento salarial da história do governo federal, que já dura sete anos, fazendo com que os policiais federais recebam menos da metade do valor dos salários dos demais servidores públicos federais. O último reajuste simbólico foi de 3,4% em 2009, o que tem gerado perdas salariais superiores a 40%, o que vem fazendo com que cerca de 250 policiais federais deixem a profissão todos os anos.

Os protestos também denunciam a falta de estrutura para a realização dos serviços durante a realização da Copa do Mundo, em junho deste ano, e pedem a reforma no
sistema de segurança pública. O Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco (SINPEF/PE) afirma que o objetivo da paralização não é atingir a população, por isso, os serviços essenciais, como o controle imigratório nos portos e aeroportos e o atendimento nos setores de passaporte não serão interrompidos.

Greve Nacional

No país a greve está sendo coordenada pela Federação Nacional dos Policiais Federais-FENAPEF, que representa sindicalmente mais de 20 mil policiais federais. Haverá paralisação em todas as unidades da PF nos três dias, e o tema central dessa semana é uma Campanha por uma Segurança Pública Padrão FIFA.

Em Brasília o ponto alto do evento será acontece na quarta-feira (12), na Esplanada dos Ministérios, em Brasília/DF, e contará com centenas de policiais federais, muitos deles vindos de caravanas e vôos de outros estados, que farão uma Marcha dos Elefantes Brancos na Esplanada dos Ministérios, conduzindo enormes elefantes brancos infláveis, que simbolizam a burocracia e a politicagem na Segurança Pública, uma vez que pesquisas revelam que quase todos os policiais federais interpretam o descaso do Governo Federal como uma retaliação às operações anticorrupção que prenderam líderes políticos ligados ao Planalto.

Uma das bandeiras levantadas pela FENAPEF é a Segurança Pública nas fronteiras e nos aeroportos, onde a entidade denuncia falhas graves de gestão, enquanto são gastos milhões em soluções maquiadas “para inglês ver”. Segundo informações da FENAPEF, nos aeroportos e unidades de fronteiras brasileiras, faltam agentes federais para cuidar do policiamento aeroportuário, de fronteiras e no combate ao crime organizado. Em alguns aeroportos não há nenhum profissional. “A porta de entrada de um país é o desembarque dos aeroportos internacionais e suas fronteiras. Nestes locais, a análise e a investigação, assim como as técnicas de entrevista, fiscalização e trabalho em equipe com os policiais especializados no combate ao crime organizado são coisas que não podem ser terceirizadas de maneira irresponsável”, adverte o presidente da federação, Jones Borges Leal.

Com a continuidade da greve, novas pesquisas vão detalhar os resultados dos investimentos federais em segurança pública. Enquanto isso, os agentes federais idealizam propostas de emenda à Constituição que buscam a modernização e a eficiência na Segurança Pública, através das PEC´s 51, 73 e 361. E a luta para a extinção dos elefantes brancos continua.

Para informações e agendamento de entrevistas, favor contatar a Assessoria de Comunicação do Sindicato dos Policiais Federais de Pernambuco. O presidente do SINPEFPE Marcelo Pires estará disponível para relatar sobre a greve e outras fragilidades na segurança pública federal.

Site: www.sinpefpe.org.br  e www.fenapef.org.br

Compartilhe   
'

segunda-feira, 10 de março de 2014

Nota a Imprensa 037-2014-(Campanha do Desarmamento-1 Estatistica de 2014)-Foto-04

Nota a Imprensa 037-2014-(Campanha do Desarmamento-1 Estatistica de 2014)-Foto-05A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista o advento da Nova Campanha do Desarmamento e que incentiva a entrega voluntária de armas com indenizações que variam de R$ 150 a R$ 450 dependendo do calibre e do tipo informa que após 955 dias de campanha do desarmamento compreendidos entre os dias 14.05.2011 até 09.03.2014, já totaliza 6.759 armas e 13.010 munições, o que corresponde a 7 armas entregues por dia e 49 por semana e 196 por mês. Já as munições totalizam 14 entregues por dia.

As armas e calibres de munições mais entregues em Pernambuco são 1º revólveres, 2º espingardas e 3º pistolas, já as munições são as de calibre. 38. Desde a divulgação do último balanço que aconteceu em 31.12.2013 houve uma estabilidade na arrecadação de armas recebidas por dia As principais razões que estimulam o desarmamento com a consequente entrega voluntária de armas são o anonimato e a rapidez no pagamento da indenização que é efetuado em até 48 horas.  Em todos os casos será sempre preservado o anonimato das pessoas que realizarem a entrega de armas e munições e nenhum questionamento será feito a quem estiver entregando. Há casos, porém em que o anonimato não interessa ao cidadão, como ocorre com os possuidores e proprietários de armas adquiridas legalmente e que manifestam o desejo de baixar tal registro do SINARM-Sistema Nacional de Armas.

 NÚMEROS DE ARMAS E MUNIÇÕES ENTREGUES EM TODO O ESTADO:

PF-Recife

PF-Caruaru

PRF

PM

PF-Salgueiro

Posto Itinerante

Total de Armas:

Total de Munições:

3.252

528

507

1.115

769

588

6.759

13.010

Nota a Imprensa 037-2014-(Campanha do Desarmamento-1 Estatistica de 2014)-Foto-08Além dos Postos da Polícia Federal em Recife, Caruaru e Salgueiro e da Polícia Rodoviária Federal que fica localizada no bairro do Pina-PE, também passaram a receber armas 22 (vinte e dois) postos Polícia Militar (15 Batalhões e 07 Companhias) além de um posto itinerante, numa parceria firmada entre a PF e a SDS-PE, facilitando assim o acesso das pessoas para entrega de armas, principalmente no agreste e sertão, evitando grandes deslocamentos para a capital; A população brasileira já entregou voluntariamente 647 mil armas, existem 2.121 postos de entrega em todo o Brasil e já foram pagos mais de R$ 11.6 milhões em indenizações.

 Em 2013 o estado de São Paulo liderou o ranking nacional de entrega de armas(8511), seguido da Bahia(3853), Rio Grande do Sul(3641) e Minas Gerais(3371), Pernambuco (3110) aparece na 5ª colocação. Agora se somarmos as porcentagens de armas entregues por população de 100 mil habitantes Pernambuco (35,36%) aparece na 1ª colocação, atrás do Rio Grande do Sul (34,04%) e da Bahia (27,48%). Em 2011 foram arrecadadas 2246 armas em 2012 caiu para 920 e em 2013 pulou para 3110. Houve um aumento de 245% na arrecadação de armas se compararmos o ano de 2012 com 2013.

Quem quiser entregar uma arma deve primeiro acessar o site www.entreguesuaarma.gov.br ou www.pf.gov.br e preencher uma guia de trânsito que tem validade de 01(um) dia e acondicioná-la de forma discreta e desmuniciada (sem munição) de forma a não caracterizar o seu pronto uso e, caso, a pessoa seja parada por uma blitz policial estará acobertada de qualquer apreensão ou prisão, caso contrário, a guia de trânsito não terá valor nenhum, ficando o infrator sujeito as penas da lei. Após a conclusão do procedimento de entrega nos casos em que a arma seja indenizada, será solicitado ao responsável o cadastro de uma senha numérica de 04 (quatro) dígitos que será confeccionada apenas pelo próprio requerente sem a ajuda de terceiros.

Não existe a menor possibilidade de recuperação da senha ou cadastrar uma nova no caso de esquecimento, razão pela qual a senha deve ser de fácil memorização e anotada em local seguro. Após concluir o procedimento de entrega, e de posse do protocolo e da senha, o cidadão com 48horas, já poderá receber o valor da indenização em qualquer terminal eletrônico do Banco do Brasil. Além das armas de fogo também serão recebidas munições armas de brinquedo, simulacros, armas artesanais ou de fabricação caseira, porém sem o pagamento de indenização. As armas arrecadadas na campanha são enviadas para o exército afim de que seja procedida a sua consequente destruição.

RANKING DOS MAIORES POSTOS DE RECEBIMENTO DE ARMAS EM PERNAMBUCO

1º LUGAR

PF-RECIFE

3.252 ARMAS

2º LUGAR

PF-SALGUEIRO

769 ARMAS

3º LUGAR

POSTO ITINERANTE-PM-PE

588 ARMAS

4º LUGAR

14º BPM – SERRA TALHADA

555 ARMAS

5º LUGAR

PF-CARUARU

528 ARMAS

6º LUGAR

PRF-RECIFE

507 ARMAS

7º LUGAR

23º BPM – AFOGADOS DA INGAZEIRA

231 ARMAS

8º LUGAR

7ª CIPM – SANTA MARIA DA BOS VISTA

92 ARMAS

9º LUGAR

1º BPM-OLINDA

76 ARMAS

10º LUGAR

3º BPM-ARCOVERDE

37 ARMAS

  RECEBIMENTO PELA DÉCIMA VEZ DE 02 GRANADAS, UMA OGIVA E 43 MUNIÇÕES DE FIUZIL 7.62MM

 Dentre os recebimentos mais inusitados de armas através da campanha do desarmamento que vão desde metralhadoras, fuzis antigos utilizados pelo exército brasileiro, armas de fabricação caseira (que não são indenizáveis) e armas de uso restrito das polícias e do exército de calibre proibido, está o recebimento pela décima vez (a primeira foi no dia 29.11.2013, a segunda foi dia 14.12.2013, a terceira em 15.12.2013, a quarta em 1º.01.2014, a quinta em 11.01.2014, a sexta 17.01.2014, a sétima em 18.01.2014, a oitava no dia 25.01.2014 e a nona no dia 26.01.2014) de 01(uma) ogiva de alto poder de fogo e 02 Granadas sendo uma de morteiro e a outra de mão aparentemente vazia, bem como 43 munições de fuzil calibre 7.62mm.

 Tais artefatos e munições foram entregues no último sábado dia 08.03.2014 por 3 pessoas do sexo masculino que preferiram não ser identificados nem dar detalhes sobre a entrega, apenas informando que por ter visto a reportagem na televisão sobre o perigo que estava passando e risco de grande explosão, resolveram entregá-los para livrar-se de tal ameaça. As identificações das pessoas serão mantidas em sigilo dentro da política estabelecida na campanha do desarmamento que protege tais pessoas assegurando-lhes o anonimato.

 Os artefatos mesmo antigos podem conter em seu interior substância explosiva que em contato com faísca de fogo, superaquecimento através do calor exagerado ou impacto provocado por queda, podem provocar sua detonação. Todos os artefatos e ogiva serão analisados por peritos criminais federais do esquadrão antibombas da PF para análise de sua letalidade e em seguida será enviada para o Exército afim de que seja providenciada a sua respectiva destruição.

Até agora todas as granadas entregues na Polícia Federal possuíam substância explosiva em seu interior o que poderia ter provocado uma explosão de grande proporção. A granada por ser munição não gera nenhum tipo de indenização ela apenas é recebida e a pessoa tem direito a um comprovante de entrega.

 O Exército Brasileiro –  7ª Região Militar através do Setor de Fiscalização de Produtos Controlados é o órgão competente para viabilizar o transporte de uma forma segura desse tipo de artefato explosivo, quem tiver tais granadas devem ligar para o número 2129-6295 a fim de que seja agendada uma visita dos militares até o local para retirada do objeto explosivo.

Compartilhe   

sexta-feira, 07 de março de 2014

Nota a Imprensa 035-2014-(Roubo-Igreja Sao Cosme e Damiao)-02

A Polícia Federal em Pernambuco tendo em vista o roubo de dois objetos de prata (naveta – lâmpada para depósito de incenso e uma colher) tombados pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, ocorrido no dia 04.03.2014, por volta das 12h, na Igreja Matriz dos Santos Cosme e Damião, datada de 1535 e uma das primeiras construídas no Brasil, esclarece que a ação durou aproximadamente 2h (duas) horas e contou com cerca de 03 (três) suspeitos, os quais, um deles conseguiu entrar pela parte da frente da igreja pulando o muro de pequeno tamanho e dirigiu-se até os fundos amarrando uma corda numa árvore jogando-a por sobre outro muro de maior tamanho afim de que os outros bandidos pudesse subir por ela para ter acesso à parte de trás.

Nota a Imprensa 035-2014-(Roubo-Igreja Sao Cosme e Damiao)-07

Em seguida cortaram a energia elétrica, arrombaram duas portas e tiveram acesso ao interior do templo através da feitura de um buraco no altar central e adentraram a sala da sacristia revirando tudo, arrombando as gavetas e armários onde estava o compartimento dos dízimos e do dinheiro arrecadado dos turistas (nenhuma quantia em valor foi subtraído em virtude de não haver dinheiro nesses locais). Os ladrões tiveram acesso ao baú onde estavam guardadas as peças de prata tombadas pelo IPHAN e em seguida empreenderam fuga para um lugar incerto e ainda não sabido.

Nota a Imprensa 035-2014-(Roubo-Igreja Sao Cosme e Damiao)-23

Nota a Imprensa 035-2014-(Roubo-Igreja Sao Cosme e Damiao)-12

Várias incursões ainda foram feitas pela Polícia Militar sem contudo lograr êxito na prisão dos ladrões. A Igreja possui câmeras de circuito interno porém encontravam-se desativadas há um certo tempo, motivo pelo qual não conseguiu registrar a movimentação dos suspeitos no interior do templo. Ao tomar conhecimento do fato a Polícia Federal deslocou uma equipe de policiais, formada por agentes, delegados, peritos e papiloscopista no intuito de realizar as primeiras investigações, perícias e depoimentos de algumas pessoas que presenciaram os fatos. Inquérito policial já foi instaurado e as investigações vão prosseguir, no sentido de identificar, localizar e prender todos os integrantes que participaram desta ação. Imagens de câmeras de um comércio local serão solicitadas e averiguadas no sentido de saber se foram feitos registros no horário dos fatos.

Várias hipóteses estão sendo averiguadas que vão desde a possibilidade de tais suspeitos já terem conhecimento prévio da rotina da igreja e do local onde estavam guardadas tais objetos bem como dos valores arrecadados nos cultos. O destino das peças pode ter ido parar na mão de colecionadores de relíquias e antiguidades que pagou para tais pessoas roubarem os objetos ou até mesmo utilizadas na fundição e derretimento da prata para confecção de outras peças. Foram levantados fragmentos de impressões digitais colhidas num ventilador tocado por um desses ladrões, as quais serão lançadas posteriormente no banco de dados criminal da Polícia Federal com o objetivo de identificar possíveis suspeitos que agiram no roubo de tais peças.
Posteriormente vários integrantes da igreja poderão ser chamados para prestar esclarecimentos sobre os fatos, no intuito de colaborar com as investigações que estão em andamento. Quem tiver qualquer informação que ajude a Polícia Federal a identificar a localização dos suspeitos devem ser feita através do disk denúncia pelo número 3421-9595.

Roubar e comercializar peças são crimes contra o patrimônio nacional previstos em lei. A pessoa pode ser multada e corre risco de detenção de até três anos.

Compartilhe   

sexta-feira, 07 de março de 2014

Apreensao de Cigarros-PC

Policias Civis lotados na Delegacia de Roubo de Furto de Cargas que fica localizada no bairro de Afogados/PE prenderam, ontem, quinta-feira, dia 06/03/2014, por volta das 17h, ELMO RENE MESQUITA FILGUEIRAS, camelô ambulante, 33 anos, solteiro, natural de Olinda/PE e residente no bairro de Dois Unidos-Recife/PE – (não possui antecedentes criminais) e JOSÉ ALEXANDRE DA SILVA FILHO, carregador de caminhão, 19 anos, solteiro, natural de Olinda/PE e residente no bairro de Jardim Brasil I – Olinda/PE – (não possui antecedentes criminais).

As prisões aconteceram em virtude de informações recebidas por policiais civis da Delegacia de Roubo de Furto de Cargas, dando conta da existência de um depósito clandestino de cigarros contrabandeados nas imediações do mercado das flores que fica localizado no Bairro de São José próximo ao Cais de Santa Rita. De posse dessas informações, os policiais deslocaram-se até o local apontado pelos levantamentos com vistas a identificar e apreender os cigarros contrabandeados e, caso fosse necessário prender os possíveis suspeitos que estavam realizado tal conduta criminosa.

A averiguação teve sua conclusão final quando os agentes ao chegar no local encontraram um suspeito (JOSÉ) colocando diversos pacotes de cigarros num carrinho de mão com o objetivo de entregá-los ao seu proprietário (ELMO) que tinha um ponto de vendas situado no mercado São José/PE. Na sequência a equipe de policiais se dirigiu até o ponto comercial indicado pelo primeiro detido e ao chegar lá encontraram duas caixas de cigarros dentro do estabelecimento, além de diversos carteiras avulsas sendo comercializada.Ao retornar para o depósito não foram encontradas as notas fiscais dos produtos, razão pela qual foram apreendidos 23 caixas de cigarros (GIFT, OSCAR, US MILD, MERIDIAN e EIGHT) o que corresponde a 1.150 maços ou 11.500 carteiras que perfazem um total de 230 mil cigarros.

Terminado os trabalhos investigativos e tendo sido encontrado os cigarros contrabandeados, ELMO e JOSÉ receberam voz de prisão em flagrante, foram informados os de seus direitos e garantias constitucionais e em seguida por se tratar de crime de competência da Polícia Federal, foram levados para a Superintendência Regional em Recife/PE para as formalidades legais de Polícia Judiciária, tendo ambos sido autuados em flagrante pela prática contida no artigo 334  § 1º, alínea “c”  do Código Penal (vender ou ter em depósito contrabando) e, caso venham a ser condenados poderão pegar penas que variam de 1 a 4 anos de reclusão).
Por se tratar de crime afiançável a autoridade policial arbitrou a fiança para ELMO no valor de 5 (cinco) salários mínimos o que corresponde a R$ 3.620,00 e para JOSÉ no valor de 2 (dois) salários mínimos de R4 1.448,00 (mil quatrocentos e quarenta e oito) reais. Após os procedimentos legais ambos foram submetidos a exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal e em seguida liberados onde vão responder pelo crime em liberdade;

Em seus interrogatórios ELMO informou que trabalha há 3 meses na venda de cigarros contrabandeados no Bairro de São José/PE, e que tinha conhecimento da venda proibida no Brasil e que na primeira oportunidade que tivesse voltaria a vender cigarros contrabandeados porque ”só sabia fazer isso”. Já JOSÉ informou que apenas fazia o carregamento dos cigarros para os locais de venda e que também cuidava em abrir e fechar o depósito tomando conta do estabelecimento.
Neste tipo de prática criminosa tais infratores sempre estão ligados a sonegação fiscal, lavagem de dinheiro e corrupção de agentes públicos. Há toda uma rede organizada por trás do contrabando quais sejam: fabricantes, depósitos, rede de distribuição e vendedor final. Cada mercadoria que entra no país sem recolher o devido imposto representa um produto a mais no mercado formal que deixou de ser vendido. Assim, deixa-se de arrecadar impostos com recursos que poderiam ser investidos na saúde, educação, segurança e habitação, além de gerar desemprego com a demissão de funcionários e fechamento de lojas em virtude da concorrência desleal pelos preços que são aplicados bem abaixo do mercado (as empresas que contratam seus funcionários pagam todos os encargos trabalhistas como férias, 13º salário, plano de saúde, indenização por tempo de serviço), enquanto que tais infratores não tem compromisso com nada disso.

Esta é a segunda apreensão de cigarros contrabandeados do Paraguai. (A primeira ocorreu no dia 15.02.2014 num galpão localizado no bairro dos Torrões/PE) e já totaliza de 3.870 (três mil oitocentos e setenta) pacotes que correspondem a 774.000 (setecentos e setenta e quatro) mil cigarros apreendidos.  No ano passado a Polícia Federal apreendeu em todo o estado a quantia de 37.500 pacotes o que representa 7.500.000 (sete milhões e quinhentos mil) cigarros.

Compartilhe   

quinta-feira, 06 de março de 2014

FelipePoliciais da Equipe Malhas da Lei da AIS 11, juntamente com Policiais da Delegacia de Polícia da 44ª Circunscrição – Goiana/PE, em cumprimento a um mandado de prisão expedido pela Justiça Pública, prenderam na sexta-feira (28), na cidade de Goiana/PE, o indivíduo de nome: FELIPE DA SILVA GOMES, com 19 anos de idade, acusado de ter praticado assalto à mão armada na cidade de Goiana/PE, em consequência, o mesmo foi recolhido no Presídio de Igarassu/PE, onde permanece à disposição da Justiça Pública, para os devidos fins legais.

Compartilhe