Criminoso perigoso de Garanhuns finalmente foi preso em Agrestina pela PM | Agreste Violento

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 99629.3543
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 98156.0805
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

segunda-feira, 14 de junho de 2010

Após meses de diligências do Núcleo de Inteligência da PM de Garanhuns e troca de informações com o Núcleo de Inteligência da PM de Caruaru-PE, a Rocam e o NIA de Caruaru, em cumprimento a um Mandado de Prisão por assalto, expedido pela 1ª Vara Criminal de Garanhuns, efetuaram no final da tarde desta segunda feira (14/06/2010) na Fazenda Nova Vida, Sítio Riacho do Peixe, Agrestina-PE a prisão de José Nelson Jacinto Costa, vulgo “Nelson Bala”, 35 anos, natural de Brejão-PE, o qual é acusado de homicídios, assaltos, ameaça de morte à autoridades, entre outros crimes.
Na fazenda a polícia encontrou duas motocicletas, uma Estrada preta, placa BYL-6935, pertencente a Anderson José da Silva de 21 anos, o qual é primo de “Nelson Bala” e uma Twister amarela, placa ECX-2486, pertencente a “Nelson Bala”.
A ocorrência foi conduzida à DP Regional de Caruaru e de lá o imputado foi escoltado pelo Gati até a DP Regional de Garanhuns e de lá para a Cadeia Pública de Garanhuns.
COMPARSAS: 1, 2, 3,
LEIA TAMBÉM: 1, 2, 3, 4, 5, 

SAIBA MAIS SOBRE O CASO:
Polícia apreende cédulas, documentos e celulares
Publicada em 03 de março de 2010 • 12:36
José Nelson Jacinto Costa, 35 anos, foi preso na madrugada desta quarta-feira (03/03/2010), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no posto Lagamar, em Campos. Ele seguia de Rio das Ostras-RJ com destino a Vitória-ES. O suspeito levava em seu veículo, um Astra Hatch, R$ 3.300,00 em notas de R$ 100,00 falsificadas, 15 aparelhos de telefone celular, seis chip´s de operadoras diversas, cinco cheques de terceiros e R$ 803,00 em dinheiro verdadeiro.
José Nelson foi encaminhado, junto com o material à Delegacia da Polícia Federal, em Campos, onde constatou-se que as cédulas e diversos documentos que estavam em sua posse eram falsificados. Ele também possuia seis certidões de nascimento falsas, em nome de Wellian e Welison de Carvalho e mais dois CPF´s em nome de Guilherme Serpa e Paulo Serpa.
José Nelson é natural de Pernambuco e radicado (domiciliado) no Rio de Janeiro, no Complexo do Alemão. Ele já tem passagem na polícia por homicídio, porte de arma e roubo. O suspeito se apresentou como empresário do ramo de construções em Rio das Ostras-RJ.
Ele foi autuado nos artigos 304 (Uso de documento falso) e 289 (Falsificação de moeda) do Código Penal e pode receber pena de até 17 anos pelos dois crimes.
Dos cinco cheques que foram encontrados com José Nelson, quatro deles, nos valores de R$ 1.300,00; R$ 2.600,00; R$ 1.228,00 e R$ 300,00 são da praça de Campos, o outro, no valor de R$ 1.100,00 é de Rio das Ostras.
Os emitentes destes cheques serão convocados pela Polícia Federal para explicar a origem dos mesmos.
Falsificação de cédulas – O Delegado Titular da Delegacia da PF em Campos, Paulo Cassiano Júnior, informou que esta é a terceira apreensão de moeda falsa nas últimas três semanas e pede a colaboração da população para elucidar esses crimes.
“Nós pedimos a população que qualquer pessoa que tenha informação sobre esse camarada, ou qualquer outra pessoa que realize falsificação, tenha impressora para esse tipo de trabalho, se desconfiar de alguma cédula falsa, ligue para nós, no telefone (22) 2726-8700, nós estamos de plantão 24h por dia”.
As outras duas apreensões foram de cédulas de R$ 20,00 e R$ 50,00, que foram recebidas por comerciantes e levadas a Delegacia da Polícia Federal.
As 33 cédulas encontradas em poder de José Nelson, são de falsificação refinada, difícil de perceber, principalmente se as cédulas estiverem misturadas a outras legítimas.
A Polícia agora começa o trabalho de investigação para saber a origem dos cheques e também das cédulas falsas.

Preso com mais de três mil reais falsos

O pernambucano José Nelson Jacinto Costa, 35 anos, foi preso com 33 notas falsificadas de R$ 100,00, além de documentos falsos, celulares e cheques, durante a madrugada de ontem. A prisão e a apreensão aconteceram no posto da Polícia Rodoviária Federal, na BR-101, em Morro do Coco. A “qualidade” das cédulas falsas chamou a atenção da Polícia. O material e o suspeito foram encaminhados à Delegacia da Polícia Federal.
Compartilhe