HOMEM ESTÁ DESAPARECIDO HÁ QUASE UM ANO EM GARANHUNS. FAMÍLIA PEDE AJUDA PARA ENCONTRÁ-LO | Agreste Violento

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 9.9819-5367
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 9.8144-9320
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

sábado, 14 de março de 2015

E-mail enviado ao Agreste Violento:

ISAC PEREIRAISAC PEREIRA DE MOURA encontra-se desaparecido desde maio de 2014. Em um sábado, depois de várias discussões com a família, ele saiu de casa sem dizer pra onde ia e não voltou mais.

A mãe dele, Maria Cicera Moura, desde então procura seu filho em delegacias e hospitais, mas não consegue ter pistas de seu filho.

No Festival de Inverno de Garanhuns de 2014, ele foi visto pelo porteiro do Condomínio onde a família de Isac mora. Mas foi de longe e não conseguiu falar com ele.

A família de Isac mora no Condomínio da Caixa econômica no Bairro do Magano, próximo a Igreja de Santa Terezinha e do Supermercado Ipiranga.

Uns 3 anos e meio antes desse ocorrido Isac já tinha desaparecido de casa e passado 3 meses fora, quando um dia esperou pela mãe no caminho que ela fazia para ir ao trabalho e pediu pra voltar pra casa.

Isac tem uma filha de 1 ano e 2 meses, resultado de um relacionamento amoroso.

Isac gostava de sair para beber com os amigos apesar de tomar remédio controlado para dormir a muitos anos. Quando isso acontecia ele chegava em casa muito agitado, violento mesmo, e discutia com a família.

Ele andava com pessoas que não eram muito boas companhias e a família já procurou por ele em todos os bairros de Garanhuns, nos lugares onde ele pudesse ter conhecidos, mas nunca obtiveram êxito.

Desde o desaparecimento dele já tiveram vários boatos de pessoas dizendo que tinham visto ele, mas nada consistente.

Pedimos encarecidamente e pelo amor de Deus que vocês publiquem no site o desaparecimento dele para que alguém que saiba de alguma coisa sobre ele entre em contato.

Compartilhe