OPERAÇÃO DA CIOSAC APREENDE ARMAS DE FOGO E FECHA FABRICO E COMÉRCIO CLANDESTINO DE MATERIAIS EXPLOSIVOS EM BELO JARDIM-PE | Agreste Violento

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 9.9819-5367
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 9.8144-9320
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

1 (5)

Após recebimento de informações repassadas pelo Disque Denúncia sobre porte ilegal de armas de fogo, comercialização de materiais explosivos e fabricação e venda de munições na cidade de Belo Jardim, a Subseção de informações da CIOSAC (Companhia Independente de Operações e Sobrevivência em Área de Caatinga) averiguou a denúncia e, ao constatar a veracidade da mesma, uma equipe da CIOSAC realizou uma Operação na manhã de hoje (16), no sítio Monte, zona rural do município.

1 (4)

1 (1)

Foram aprendidos, em poder de JOSÉ SALVIANO DA SILVA, vulgo ZECA, 57 anos, os seguintes materiais:
um revólver Taurus, cal. 38; dez munições cal. 38; cinco espingardas de antecarga; cento e oitenta bombas caseiras grandes; cinco mil espoletas; três kg de pavio para fogos; cinco mil e cem tubos cheios de pólvora, contendo 100g cada; quinhentos tubos de papel, cheios de pólvora branca; oito sacos, pesando 60kg cada, contendo pólvora negra; quarenta e dois sacos de pó pé (material utilizado na mistura da pólvora). Alguns sacos estavam dentro de sacos de ração de animal, para não serem identificados.

O detido e o materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Belo Jardim, para as providências legais cabíveis.

Compartilhe