Agreste Violento | Um Choque de Realidade

PM CONECTADO

Águas Belas (87) 99919.2115
Angelim (87) 99979.3204
Bom Conselho (87) 98101.7402
Brejão (87) 98101.8739
Caetés (87) 98146.4946
Canhotinho (87) 99612.2683
Capoeiras (87) 99629.3543
Calçado (87) 98116.4066
Correntes (87) 98134.0114
Garanhuns (87) 98139.1576
Jupi (87) 99962.2743
Jucati (87) 98111.2481
Lajedo (87) 98156.0805
Lagoa do Ouro (87) 991794150
Paranatama (87) 98121.5364
Palmeirina (87) 98143.4566
São João (87) 98116.1430
Terezinha (87) 98124.0865

Rádios e Parceiros

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Na madrugada desta segunda-feira (16), a viatura da cidade de Jupi, realizava a operação abordagem quando nas proximidades da Praça Nossa Senhora do Rosário, centro da cidade, uma motocicleta Honda CBR-300, preta, sem placa com dois elementos em atitude suspeita.

Os militares determinaram que os mesmos parassem, o que não foi obedecido, tendo os imputados empreendido fuga. Diante da situação, os policiais militares realizaram o devido acompanhamento por aproximadamente 05 quilômetros, conseguindo interceptar a dupla no distrito de Neves, pertencente ao município de Jucati, onde perderam o controle do veículo e caíram em uma estrada de terra.

Foi realizada a abordagem nas pessoas de José Edmilson de Lima Sousa, 29 anos e um adolescente de 15 anos de idade, onde nada de irregular foi encontrado com os mesmos. Em seguida, os militares realizaram consulta ao sistema de informações, sendo constatado, através da numeração do motor, uma vez que a numeração do chassi estava parcialmente danificado, que a motocicleta em questão havia sido roubada no município de Caruaru no dia primeiro de janeiro do corrente ano e que a placa da motocicleta seria  KGY-7531. Diante da situação, as partes e o veículo foram apresentados à DP de plantão na cidade de Lajedo para adoção das medidas cabíveis pela autoridade policial.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Um motociclista morreu na noite deste domingo (15), durante uma colisão na rodovia BR-101, em Palmares, na Mata Sul de Pernambuco.

Arnaldo Soares da Silva, de 28 anos, conduzia uma motocicleta Bros, preta, placa PZJ-0606, quando colidiu em um Fiat Siena, prata, placa KKU-3650, com o impacto ele sofreu ferimentos graves, não resistiu e veio a óbito no local.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado mais a vítima já estava em óbito. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Um agricultor foi alvejado por disparos de arma de fogo na tarde deste domingo (15), na Rua Nova, em Caetés, no Agreste pernambucano…

cinco disparos atingiram Damião Ferreira da Silva, de 40 anos, ele foi socorrido para o hospital local onde informou desconhecer a autoria do crime, ele foi transferido para uma Unidade de Saúde no Recife.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Capitão Gílson,

Como pôde o senhor nos deixar em uma hora como essa?

Agora!? Assim!? Como!?

— Mas…

Mas o quê, Capitão?

Capitão, bem sabia o senhor do momento, que passamos. É preciso dizer que a violência se alastra e já domina tudo? Capitão, quem mais segura os homicídios? Os assaltos a bancos? Os roubos e furtos outros? Quem, Capitão? Quem mais segura essa violência doméstica? Pior ainda, quem mais segura esse banditismo nunca dantes registrado em anuários policiais daqui e além-mar, como atores tendo os “de cima”, e cujos crimes, com enorme reflexo, fazem os “debaixo” parecer meninos de rua, estes por mais vis que sejam? Capitão, quem segura? Jogamos um jogo desigual, Capitão. Ainda não foi perdida a esperança, certamente. Mas assim, com o senhor se retirando do campo de batalha, um titular absoluto e inquestionável da posição. Assim, Capitão, o inimigo somente tem a agradecer, ele já fortalecido, menos pelos meios próprios, e mais (muito mais) pela Ausência do Poder Público. Assim, são “as batatas” de Machado de Assis ao inimigo vencedor, nos restando a desolação e a desilusão. A morte metafórica. Somos todos defuntos.

— Sei de tudo isso. Mas, eu fiz a minha parte.

Perdão, Capitão! Fez mesmo! Como fez! É que a fenda aberta preocupa. Deixa-nos assim, meio que perdidos, meio que desencorajados, meio que vencidos. Vá em paz. Que seu Espírito de Guerreiro se manifeste em nossas pequenas almas. Nos encoraje. Precisaremos. É grande o desafio.

Passava pelas imediações do hospital Monte Sinai, ali vendo viaturas da PM. Pensei se tratar de um companheiro ferido. Na esperança de esclarecimento, buzinava. Ninguém me ouvia. A dor já conhecida paralisava. Fazia sentido. Adiante, ouvi alguém comentando: “Capitão Gílson morreu de infarto!”. — Deus, disse a mim mesmo. Um ladrão é a morte. Ela vem e nos leva sorrateira e mansamente. Levou o Capitão. Levou-O.

De há muito tempo conhecia o Capitão Gílson. Que na verdade, era ele muito conhecido. Lembro-me dele na cidade de Correntes, então nascendo nossa amizade. Passamos, PM e Delegacia, a fazer Operações Conjuntas. Compartilhávamos informações e somávamos esforços. Ainda que não inteiramente limpa e livre, por um bom tempo Correntes se viu com os índices de violência bem abaixo da média das cidades do seu porte. Tantas outras da região preocupavam, SIM. Como depois do encontro vem o desencontro (como diz o poeta), a vida é isso, tomamos rumos diferentes, mas enraizados pelo trabalho que gerou admiração e respeito recíprocos.

Um abnegado no sentido religioso, Capitão Gílson. Um altruísta. Renunciava a si mesmo e carregava a cruz da instituição. A coisa anormal e fora do lugar incomodava mais a si do que a qualquer um outro. Disso convencido, ele convencia. Partia então para “um chamado” envolvendo os mais diversos segmentos da sociedade, tudo em prol e para o desejo comum: a tranquilidade pública. Correntes. “Policial Negociador” do Gati. Bom Conselho. Honraria em Iati. Voto de Aplauso em São Bento do Uma. Belo Jardim. O Capitão Gílson marcou. Uma marca. Mais do que um Chefe, grande Líder. Chefes existem às pencas por aí. Líderes, uma raridade. O Capitão Gílson tinha liderança. Ele não dizia “Vá!”, próprio dos sem comando. E sim “Vamos!”, bomba de efeito moral que encoraja os comandados fazendo-os seguir, incondicional e destemidamente, a liderança. Aqui o Capitão foi ímpar. Firmou-se como líder. Firmou-se pelo exemplo, que é tudo.

— Esperou o verão para fazer ponto final na sua doce lavoura. Partiu em janeiro. Em verdade, quem morreu não foi ele. Foram as coisas, que deixaram de ser vistas pelos seus olhos. Foram os objetos que a sua mão deixou de tocar. Os seus livros, amigos, estamos defuntos. Foi o mundo que morreu nos seus cinco sentidos. Correntes e outras cidades choram a morte do Capitão. Copiosamente, Bom Conselho chora. O Capitão Gílson “combateu o bom combate” do apóstolo Paulo. Viveu sua fé: acreditava no que fazia. É sua Capitão Gílson A Coroa do Dever Cumprido. O senhor foi plural. Então,

José Maria

Comissário de Polícia

 

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Faleceu no início da noite deste domingo (15) na Avenida Adjá Casé, no bairro Indianópolis, no prolongamento do anel viário, próximo ao Caruaru Shopping, em Caruaru, a professora, Shalon Judá Rodrigues, de 21 anos, que morava, no centro da cidade. Ela seguia no sentido centro guiando a sua motocicleta uma Fan preta, placa KKR-6873 e colidiu violentamente em um poste e morreu no local. Ela era filha única de um Sargento da Polícia Militar e era professora do Cebrac.

O delegado da DEAH (Divisão Especial de Apuração de Homicídios) Dr. Sérgio Moura, disse que recebeu a informação de que a jovem teria sofrido uma tentativa de assalto e que os marginais estariam em um carro e trancaram a jovem que perdeu o controle e colidiu no poste, ele afirmou que está investigando o caso e se for confirmado que ela sofreu o trancão o acidente será convertido em latrocínio, inclusive irá tentar identificar quem são os supostos assaltantes.

O corpo da jovem foi encaminhado para o IML local.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Um crime de morte foi registrado na noite deste domingo (15) no município de Camocim de São Félix, o fato ocorreu por volta das 22h30m na Rua São Cristóvão, no bairro do Cruzeiro. A vítima que estava sem documentos, era conhecida por “Nega Mônica”.

Ela era usuária de drogas e já teve passagem pelo sistema prisional por furto e fazia pouco mais de um ano que saiu da cadeia. Mônica era de Caruaru, mais fazia algum tempo que vivia na cidade, ela foi perseguida e em seguida morta com oito disparos de pistola calibre 380, sendo três na cabeça e várias cápsulas ficaram espalhadas pelo local. Pessoas relataram que a vítima correu e entrou na rua, que é sem saída, em uma tentativa inútil, de salvar a vida.

O delegado da força tarefa de homicídios, Dr. Marcio Cruz, disse a imprensa que até o momento a polícia não sabe a motivação nem autoria do assassinato. Este é o primeiro crime de morte do ano de 2017 na cidade. O corpo da vítima foi encaminhado para o IML de Caruaru.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Um homem de 30 anos foi assassinado neste domingo (15), no Distrito de Albuquerque Né, zona rural de Sertânia, Sertão de Pernambuco.

Danilo dos Santos Lima, estava na frente da casa que morava, quando foi alvejado por disparos de arma de fogo, ele não resistiu e morreu antes de ser socorrido. Dentro da casa estava a companheira de Danilo, ela foi atingida por estilhaços e disse a polícia nada ter visto.

Danilo era do estado da Bahia, e estava morando na localidade a poucos meses, o corpo encaminhado para o instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Um assaltante foi preso na madrugada deste domingo (15) em Correntes, no Agreste de Pernambuco.

A Polícia Militar informou que realizava diligências quando recebeu informações que dois elementos em uma moto Pop tinham tomado de assalto uma motocicleta e celulares de populares. Foram realizadas diligências e a dupla localizada, um deles conseguiu se evadir pelo matagal enquanto o outro chegou a sacar um revólver, foi dada ordem pra que ele se entregasse tendo o mesmo jogado o revólver calibre 38 no chão.

O assaltante foi identificado como, Carlos Antônio Marques Cavalcante, de 22 anos, morador do município de Chã Preta/AL. Os celulares e a motocicleta foram recuperados. O marginal foi levado para o plantão da 18ª Delegacia Seccional de Garanhuns e autuado em flagrante.

Ainda de acordo com a policia, o indivíduo  é suspeito de outras praticas de assalto naquela região e quem o reconhecer em algum crime deve procurar a delegacia do município e prestar queixa.

Compartilhe   

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Garanhuns brilhou na Meia Maratona Parque da Lagoa, de João Pessoa. É que a equipe de atletismo comandada pelo técnico Adejilson Mendes, o Bingo, fez a festa neste domingo, dia 15, e conquistou cinco colocações no pódio nas categorias 21 e 10km.

Na categoria 10Km, os corredores Marcos Antônio; Gleison Santos e Gilmar de Oliveira, conquistaram os 1º, 2º e 3º lugares, respectivamente. Já na prova dos 21km, Enio Kleiton abocanhou a 2ª colocação, enquanto que José Márcio ficou com o título da principal prova do Evento, cuja largada aconteceu no Parque da Lagoa, um dos principais atrativos turísticos de João Pessoa.

O próximo desafio dos atletas garanhuenses será em Maragogi-AL no próximo sábado, dia 21. A equipe disputará os 9Km da XV Corrida de São Gonçalo, organizada pelo Grupo Salinas de Hotéis e Resorts. Os atletas contam com o patrocínio da Prefeitura de Garanhuns, através da Secretaria de Juventude, Esportes e Lazer.

Compartilhe   

domingo, 15 de janeiro de 2017

Foi assassinado na madrugada deste sábado (14) próximo a Lagoa de Baixo em Alagoinha, o jovem, Luiz Carlos Francisco dos Santos, de apenas 21 anos, que morava na Rua do Matadouro. Ele estava ingerindo bebidas alcoólicas com a esposa, quando por volta de uma hora da manhã a bebida acabou. Eles saíram de casa a pé e foram procurar mais em um algum bar, de repente apareceu um elemento desconhecido e matou o rapaz na frente da esposa.

O corpo do jovem foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML) de Caruaru/PE.

Compartilhe